Lei 16.402 / 2016 LEI DE PARCELAMENTO E USO E OCUPAÇÃO DO SOLO – Ajustes e Revisões – Câmara Municipal de SP

Lei 16.402 / 2016 LEI DE PARCELAMENTO E USO E OCUPAÇÃO DO SOLO

Brasão_da_cidade_de_São_Paulo.svg

Opinião

20161224_151842-1Eng.Urbano Vagner Landi

A Câmara Municipal de São Paulo , está abrindo mais uma participação da população e técnicos especialistas em Uso e Ocupação do Solo , para ajustar parâmetros duvidosos na análise desta tão complicada Lei aprovada pela gestão passada em relação ao Novo Plano Diretor de São Paulo.

Esses ajustes são necessários pois estão conflitando dúvidas mesmo entre os técnicos da Prefeitura da Cidade de São Paulo. 

O vereador Paulo Frange conduzirá essas Audiências Públicas com o mesmo empenho e conhecimento como relator da Lei de Uso e Ocupação do Solo pela CMSP.

original_zone

A PARTICIPAÇÃO DOS AJUSTES DA LEI DE ZONEAMENTO, VAI ATÉ 5 DE JUNHO/17

Diagrama-Zoneamento-2

Jardim-vertical-no-minhocao-movimento-90

A Prefeitura de São Paulo, através da Secretaria Municipal de Urbanismo e Licenciamento (SMUL), está convidando a população para participar dos ajustes dos dispositivos da Lei de Uso e Ocupação Solo, a Lei de Zoneamento, votada e aprovada em 2106. Segundo informa, serão mantidos os princípios norteadores do PDE – Plano Diretor Estratégico.

campo belo 11

A população poderá enviar sugestões, através de formulário (de 26/maio a 5/junho) relativo aos temas propostos. A prefeitura diz que as correções e ajustes são necessários para que haja melhor aplicação da lei; e que NÃO SERÃO CRIADAS NOVAS ZONAS DE USO E TAMBÉM NÃO SERÃO ALTERADOS PERÍMETROS DAQUELAS JÁ EXISTENTES.

obraspor-que-sao-paulo

A participação da população se dará através de formulário, eletrônico ou físico, que deverá ser preenchido e entregue até o dia 5 de junho/2016.

Estão previstas alterações em quatro itens da Lei de Zoneamento:

– Edificações existentes – viabilizar reformas e retrofit;

– Parâmetros de ocupação do solo – considerar a cidade real;

– Incentivos e condicionantes da ocupação – ajustar a aplicabilidade dos instrumentos;

– Novas atividades incentivadas – melhorar as condições de implantação.

Após a fase das contribuições, haverá ainda mais três fases:

– Sistematização das propostas recebidas, de 6 a 8/jun.;

– Discussão, de 9 a 23/jun. – com audiências públicas regionais, minuta participativa e discussão nos Conselhos;

– Finalização, que acontecerá até 30/jun.

Acesse o site:

http://gestaourbana.prefeitura.sp.gov.br/noticias/prefeitura-inicia-processo-de-revisao-e-readequacao-de-alguns-dispositivos-da-lei-de-zoneamento/

Deixe seu comentário que o mesmo será publicado e respondido por nossa equipe,

Obrigado !!!

 

 

 

Sobre engvagnerlandi

Engenheiro Civil , formado Pela Faculdade de Engenharia São Paulo na capital paulistana , Especialista em Uso e Ocupação do Solo , Plano Diretor e Aprovações de Projetos e Licenciamentos na Grande São Paulo. Tem o Urbanismo como convicção , sempre defendendo uma Melhor Qualidade de Vida para os bairros de SAMPA
Esse post foi publicado em POLITICA URBANA e marcado , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Lei 16.402 / 2016 LEI DE PARCELAMENTO E USO E OCUPAÇÃO DO SOLO – Ajustes e Revisões – Câmara Municipal de SP

  1. Pingback: Aprovações de Projetos – Licenças de Funcionamento – Auto de Verificação e Segurança – Regularização de Edificações | Engº Vagner Landi – Blog Urban Policy and Quality of Life

Obrigado pela sua participação!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s