Madri – A romântica capital da Espanha – Madrid – The romantic capital of Spain – マドリード – スペインのロ- 馬德里 – 西班牙的浪漫之都馬德里 –

MADRI – A romântica capital da EspanhaDSC00724

Romântica com muita classe, arquitetura fascinante, torna Madri,uma cidade charmosa e muito acolhedora para os bens dotados de bom gosto.

Tomar um bom vinho nacional,provar um verdadeiro Jamon,não há preço que pague principalmente quando você está ao lado de quem ama ou um passeio em família,faz de Madri um lugar ideal para viver os melhores momentos da nossa vida.

Tudo isto iluminou meu amigo e cliente Sorocaba da dupla Fernando e Sorocaba que em sua música ele diz:”Que bom seria se São Paulo fosse do lado de Madri”

Curta a música no final deste Post,

Madri,para quem vai a primeira vez nem precisa ser de excursão,pois a língua não há dificuldade alguma,locomoção tranquila por Metrô ou ônibus normais ou de turismo local,são baratos e fáceis de usar e te levam para todos os lugares,com o maior respeito e educação do povo espanhol.

DSC00601O metrô de Madri é muito pitoresco, pois diversos artistas, tocadores de sanfona, harpas, violinos e outros instrumentos musicais são vistos por todo o lado demonstrando sua arte em troca de pequenos trocados de euros, hoje são vistos em maior parte em virtude da crise européia.

DSC00599

Chegando em Madri você já vai sentir a organização em um aeroporto dos maiores do mundo com conexões para toda a Europa e resto do mundo,tratando o viajante na mais alta pontualidade desde o desembarque até os minutos cronometrados entre o Monorail e caminhadas a pé ou sobre esteiras deslizantes,que o tempo de percurso é mostrado em painéis conforme o passageiro vai se deslocando para pegar suas malas ou sair do aeroporto e o Aeroporto de Barajas   fica a 10 km do centro de Madri

Após embarcar no monorail e passar pela imigração você irá chegar em uma grande área, onde há três lojas do Duty Free

Barajas já tem a maior pista da Europa e procura ser no futuro,um dos maiores centros de ligação entre a Europa e a America Central e do Sul, tendo já um papel bastante importante nos vôos transatlânticos.

No inicio deste século o movimento de passageiros atingiu cerca de 34 milhões,prevendo-se um aumento para 46,6 milhões ate 2010 (Airwise, 2008). No entanto, em 2006 registrou já um movimento de cerca de 40 milhões. Com efeito, precisamente em 2006 a capacidade do aeroporto foi duplicada com a abertura do terminal 4 e mais duas pistas,ficando assim com 4 pistas no total

http://www.metalica.com.br/aeroporto-internacional-de-madrid-barajas-mad/

DSC00612Ir a Madri e curtir em comer o verdadeiro Jamon e tomar uma taça de vinho branco ou tinto é fenomenal e um lugar legal para ir é a casa Lacueva fundada em 1900 que fica na Calle de La Montera nº 13,no centro velho de Madri e não deixar de ser servido pelo Felix,imperdível !!!

DSC00613

http://www.lacuevade1900.es/

Plaza Mayor

DSC00727

Situa-se no centro da cidade de Madrid próximo da Porta do Sol e da Plaza de la Villa.Muito bonita com 12 mil metros quadrados rodeada por pórticos na entrada e com edifícios em seu entorno de três andares,proporcionando um charme especial,onde o mais conhecido é o Arco de Cuchilleros e embaixo dos pórticos estão estabelecidas lojas tradicionais para você comprar aquela lembrança especial de Madri como as famosas dançarinas de castanholas.

Nesta praça as torcidas organizadas quando o seu time vem jogar com o Real Madri,é ponto de encontro para reunir o pessoal antes dos jogos.

Veja um pouco da história desta praça,

http://pt.wikipedia.org/wiki/Plaza_Mayor_(Madrid)

Chocolateria San Gines

DSC00633

Outro lugar que você não vai conseguir ir apenas um dia é a Chocolateria San Gines,para provar do verdadeiro chocolate quente e acompanhado por churros especiais.Fica perto da Puerta Del Sol e foi fundada em 1894.

DSC00634

DSC00635

http://es.wikipedia.org/wiki/Chocolater%C3%ADa_San_Gin%C3%A9s

PUERTA DE ALCALÁ

DSC00694

Um lugar muito bonito para conhecer é a Calle Alcalá,uma avenida muito bonita onde encontra-se o Monumento Porta de Alcalá situado na Praça da Independência,  constituído por duas portas retangulares que ladeiam três arcos. Foi construído em 1778 pelo rei Carlos III para servir como porta de entrada da cidade. O projetista da obra foi Francisco Sabatini e as esculturas nela existentes são de autoria de Roberto Michel e Francisco Gutiérrez.

DSC00696

Não deixe de curtir um bom vinho nos bares que circundam esta avenida charmosa e muito romântica para tirar belas fotos com quem você gosta muito.

DSC00706

DSC00713

Museu do Prado

DSC00651

Este é o principal passeio que não pode deixar de ser feito em Madri,já o faça no primeiro dia pois são muitas obras e dependem do seu tempo para percorrer as diversas salas,mas é uma aula de cultura,realmente espetacular.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Museu_do_Prado

Inaugurado em 19 de novembro de 1819  o Museu do Prado, em Madri, uma das mais antigas instituições públicas do mundo destinadas às artes plásticas.

O Prado não é um museu enciclopédico ao estilo do Louvre (Paris), do Hermitage (São Petersburgo), da National Gallery (Londres), ou em uma escala muito mais reduzida, o vizinho Thyssen-Bornemisza da capital espanhola, cujos acervos contêm obras de praticamente todas as escolas e épocas. Pelo contrário, é uma coleção intensa e distinta, formada, ao longo do tempo, por uns poucos soberanos aficionados pela arte, em que muitas obras foram criadas por encomenda.

Especialistas classificam o acervo do Prado como uma lição e inspiração inesgotável para novas gerações de artistas, desde Manet, Renoir e Toulouse-Lautrec, que visitaram o museu no século XIX, até Picasso, Matisse, Dali, Francis Bacon e Antonio Saura que dizia: “Este museu não é o mais extenso e sim o mais intenso”. Ou seja, uma coleção de pintores admirados por pintores.

História

Em 1785, o arquiteto Juan de Villanueva começou a desenhar os novos projetos para a construção de um museu de Ciências Naturais em Madri. Porém, após muitas alterações, o edifício em questão, ápice de sua carreira arquitetônica, acabou por se tornar a sede de uma das mais prestigiosas pinacotecas europeias.

Com a chegada das tropas napoleônicas à Espanha e a subsequente Guerra de Independência no início do século XIX, as obras tiveram de ser interrompidas. O edificio em construção foi então utilizado para fins estratégicos e despojado de toda a estrutura. Começou nesse momento a deterioração que aumentou com os anos até que no reinado de Fernando VII, sua esposa Isabel de Bragança se dispôs a recuperá-lo para que não chegasse à ruína total.

Ela foi a grande impulsionadora desse projeto de recuperação e a quem se deve o êxito final – mesmo que não tenha vivido o suficiente para saboreá-lo, pois morreu um ano antes da inauguração.

O casal de monarcas contribuiu com quantias importantes de dinheiro de sua propriedade pessoal, além de transferirem muitas obras de pintura e escultura do Palácio Real e de outras casas monárquicas.

Na parte externa, em sua fachada principal, está localizada a estátua do pintor Diego Velázquez, obra do escultor Aniceto Marinas, com a seguinte dedicatória: “Os artistas espanhóis  por iniciativa do Círculo de Belas Artes, 1899”. O monumento foi inaugurado no dia 14 de junho desse mesmo ano com a presença da rainha regente e do rei Alfonso XIII.

Acervo

Obras-primas encontradas no museu:

As Meninas, de Diego Velázquez,

A Maja Nua e A Maja Vestida, de Francisco de Goya,

A Glória, de Tiziano,

Retrato Ecuestre da Rainha Margarida, de Bartolomé González, que mostra na personagem as duas joias mais famosas da Coroa da Espanha: a pérola conhecida como Peregrina e o diamante El Estanque, achado em Madri e talhado por Jacome Trezzo.

Ali podem também ser encontradas as pinturas de Goya que decoravam sua quinta de Madri, chamada de “A Quinta do Sordo”. O barão d’Erlanger mandou demolir a casa da quinta e entregou as pinturas ao museu.

O Museu do Prado abriga ainda outros grandes mestres da pintura como Brueghel, Correggio, Albrecht Dürer, El Greco, Fra Angélico, Bartolomé Murillo, Frans Pourbus, Rafael de Urbino, Rembrandt, Rubens, Tintoretto, Roger van der Weydene, Francisco de Zurbarán.

Fonte: Ópera Mundi-Edição Correio do Brasil

Museu Reina Sofia

DSC00642

http://www.museoreinasofia.es/index.html

A abertura do Museu Nacional Centro de Arte Reina Sofia, em 1990, envolveu a criação de um museu de arte moderna e contemporânea em Espanha internacional, embora tenha havido algumas vicissitudes sofridas pelo edifício para alcançar este fim.

O primeiro fundamento do Hospital San Carlos, agora abriga o Museu, é devido ao Rei Filipe II, que, no século XVI, centrado neste lugar todos os hospitais que foram espalhadas no Tribunal. No século XVIII, Carlos III decidiu sobre uma nova base, a ser insuficiente para as instalações da cidade. O atual edifício foi projetado pelos arquitetos José de Hermosilla e Francisco Sabatini, este último muito do trabalho.

Em 1788, após a cessação do trabalho, com a morte de Carlos III, o prédio foi ocupado para assumir a função para a qual foi construído, o Hospital, mas não foi construído, mas apenas um terço do Sabatini projeto.

Desde então, sofreu várias modificações e adições, até que, em 1965, o hospital está se fechando, com suas funções para ser defogged por Cidade Médica Provincial. Sobrevive a vários rumores de demolição e, por meio de um decreto real de 1977, é declarado um Histórico-Artístico, garantindo a sua sobrevivência.

Em 1980 começou a restauração do prédio, feito por Antonio Fernández Alba, em Abril de 1986 abriu o Centro de Arte Reina Sofía, usando os níveis 0 e 1 do antigo hospital como exposições temporárias. No final de 1988, José Luis Iñiguez de Onzoño e Antonio Vázquez de Castro iria realizar as últimas alterações, entre as quais devem ser especialmente enfatizado as três torres de elevadores de aço e vidro, concebidas em colaboração com arquiteto britânico Ian Ritchie.

O Museu, um organismo autônomo do Ministério da Cultura, foi criada por Decreto Real 535/88, de 27 de maio de 1988, com sede em San Carlos Hospital em Madrid e da coleção de arte que uma vez que foram integradas no Museu Arte Contemporânea espanhol.

Em 10 de setembro de 1992, Suas Majestades o Rei D. Juan Carlos e a Rainha Sofia, inaugurou a coleção permanente do Museu Nacional Centro de Arte Reina Sofia, que até então só tinha recebido exposições temporárias. A partir de então se tornaria verdadeiro museu, com as tarefas de guarda, melhorar e mostrar sua coleção de arte, promover a conscientização e o acesso do público à arte contemporânea em suas diversas manifestações de exposições internacionais, e implementar atividades de ensino, treinamento e aconselhamento em relação ao seu conteúdo, conforme estabelecido no seu Estatuto.

Estádio do Real Madri

DSC00572

Magnífico o estádio,charme e organização para assistir um jogo do Real,mas não compre ingresso de cambistas,pois vendem ao dobro do preço e te enganam no lugar,vá ao clichê e compre direto ,com antecedência melhor, e escolha o lugar,de preferência do segundo lance pra baixo,pois você fica mais perto dos astros e sentirá a diferença da educação do povo e o respeito pelo cidadão.

DSC00558

Dica: Se você quiser ver os jogadores do Real Madri de pertinho veja quando tem um jogo e três horas antes vá até o Hotel Sherathon em Mirasierra,bairro residencial de Madri,onde o Real se hospeda antes dos jogos,quando saem para ir ao estádio.

DSC00562

http://www.sheratonmadridmirasierra.com/

Veja abaixo a história deste estádio maravilhoso,

http://pt.wikipedia.org/wiki/Est%C3%A1dio_Santiago_Bernab%C3%A9u

Metro em Madri

Andar de Metro em Madri é muito fácil pois o bilhete também serve para ônibus e te leva aos quatro cantos numa tranquilidade segura e super organizada.

250px-Madrid_Metro_Map.svg

Para você sentir bem a cidade é bom nos dois primeiros dias com o ônibus de turista “Madri Tour”para quem vai a primeira vez e depois ir para qualquer lugar de Metrô.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Metro_de_Madrid

Madri por excelência,foi citado acima para quem poder ficar quatro noites ( quatro dias inteiros),dá para conhecer e curtir bem a cidade com os roteiros principais e mais charmosos,mas esta cidade maravilhosa tem muitos outros lugares para visitar como,a Plaza de Netuno,Plaza de Las Cortes,Museu Arqueológico,as lojas da Avenida Serrano,Ventas Plaza de Toros,O Museo Lázaro Galdiano,Plaza Cuzco,Plaza Castilla,Museo de Ciencias Naturais,Museo das EsculturasPlaza Colon,O Jardim Botânico,Museo Thyssen,Circulo Belas Artes,Catedral De La Almudena,Teatro Real e Palácio Real,Paseo de Pontones-Madrid Rio,Puente de Segoya,Plaza de La Moncloa,Plaza de España,a Gran Via Plaza de Cibeles e Plaza Colon e o charmoso bairro de Salamanca.

Todos os roteiros acima são feitos pelo ônibus de Turismo Madrid City Tuor,por 24 Euros por dois dias consecutivos e você para onde quiser ,mas se for parar em todos os lugares quatro dias apenas não dá,para curtir esta cidade que é uma história de Cultura,regada com um bom vinho e um excelente Jamon,ou quem sabe com uma anchovas a vinagrete com azeitonas espanholas ou alcachofras no azeite,sem esquecer de uma bela Paella.

DSC00604

DSC00623

 

DSC00655

 DSC00629

 DSC00667

E VIVA MADRI !!!
Vagner e SorocabaEng. Urbanista Vagner Landi com Sorocaba

“Que bom seria se São Paulo fosse do lado de Madri”,letra e música do meu amigo e cliente Sorocaba,o qual tenho o imenso prazer de ter projetado a casa de sua família juntamente com minha sócia a arquiteta urbanista Paula Zanelato.

Curta abaixo a música cantada por Fernando e Sorocaba,dois rapazes fantásticos que estão no auge de suas carreiras abençoados por ela “Nossa Senhora Aparecida”

http://www.youtube.com/watch?feature=player_detailpage&v=VNTyvhRdZns

Vela o link da matéria neste Blog sobre Barcelona,abaixo,

https://engvagnerlandi.wordpress.com/2012/11/27/barcelona-espanha-o-charme-da-arquitetura-de-gaudi-e-no-tracos-de-pablo-picasso-barcelona-spain-the-charm-of-the-architecture-of-gaudi-and-traces-of-pablo-picasso/

Sobre engvagnerlandi

Engenheiro Civil , formado Pela Faculdade de Engenharia São Paulo na capital paulistana , Especialista em Uso e Ocupação do Solo , Plano Diretor e Aprovações de Projetos e Licenciamentos na Grande São Paulo. Tem o Urbanismo como convicção , sempre defendendo uma Melhor Qualidade de Vida para os bairros de SAMPA
Esse post foi publicado em POLITICA URBANA, Uncategorized, Viagens e Dicas de lugares no mundo e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

Obrigado pela sua participação!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s