Operação Urbana Água Espraiada-Desapropriação e Habitação Popular

Operação Urbana Água Espraiada-Desapropriação e Habitação Popular

Entenda bem o que significa um Operação Urbana Consorciada

Operação Urbana Consorciada – É um conjunto de intervenções e medidas coordenadas pelo Poder Público municipal, com a participação dos proprietários, moradores, usuários permanentes e investidores privados, com o objetivo de alcançar em uma área transformações urbanísticas estruturais, melhorias sociais e a valorização ambiental

A prefeitura já deu início as desapropriações das favelas e as obras no entorno da Av.Roberto Marinho,como vemos quando passamos em frente a antiga favela do Jardim Edite e as construções já estão avançadas,para logo os moradores retornarem ao lugar que moravam,tendo a oportunidade de realizar umsonho especial de ter seu apartamento próprio,podendo pagar de acordo comsuas condições financeiras.

Esta é uma oportunidade única para estas pessoas darem a seus filhos e netos uma melhor qualidade de vida,estudos e um objetivo na vida de subir de classe social,proporcionado pelo governos municipal,estadual e federal.

Temos que elogiar estes estudos que estão se tornando realidade num conjunto de conflítuos de classes sociais em que numa quadra dos bairros do Brooklin,Campo Belo,Itaim,vemos favelas de barracos palpérrimos contra construções de altíssimo nível,mas está previsto em lei que numa Operação Urbana que modifica a paisagem urbana,10% dos investimentos tem a obrigatoriedade de Habitações Populares.

Quanto a conflítuo de convivência com certos delinquentes que moram nestas favelas e que poderão receber apartamentos em igualdade a outros moradores de vida normal,o proprio tempo dirá e a maioria que virão morar nestes apartamentos terão que preservá-los,terem seu síndico,sua administração,pois estes conjuntos habitacionais terão no seu interior,creches,escolas,póstos de saúde,estacionamentos e parques para a garotada e com certeza os maus elementos serão denunciados e não terão lugar nestes locais,esperamos que isto aconteça !!!

Veja abaixo entrevista do eng.urb.Vagner Landi para a repórter do SBT – Gabriela França

https://engvagnerlandi.wordpress.com/2012/05/04/cdhu-valorizacao-dos-imoveis-populares-em-sao-paulocom-gabriele-franca-do-sbt/

Os empreendimentos que estão em andamento na Av.Roberto Marinho por meio de arrecadação da venda de Certificados de Potencial Cosntrutivos(CEPAC’S),que dá aos compradores privados o direito de construir acima do coeficiente de aproveitamento podendo chegar a quatro vezes a área do terreno para o zoneamento local da região,já contemplando a Operação Urbana são o do Jardim Edite com 240 aptos juntamente com Corruíras com 214 aptos e o Iguaçú e Gutemberg com 19 aptos cada.O Estavão Baião será o último a ser entregue com 300 aptos.

Veja abaixo fotos de como é atualmente e de como vai ficar no futuro deste conjuntos habitacionais de interesse social (HIS)

A Prefeitura planeja ainda iniciar a construção de 45 novos conjuntos habitacionais). Estão previstas 3.458 unidades de Habitação de Interesse Social (HIS) divididas em quatro lotes nos bairros Jabaquara e Americanópolis, entre os fundos do aeroporto de Congonhas e os fundos do pátio de manobras do Metrô no Jabaquara.

Estas construções deverão absorver também parte das 10 mil famílias em moradias irregulares.

O Plano Municipal de Habitação 2009-2024 prevê a conclusão da transferências das 10 mil famílias até 2016.

Primeira transferência
A primeira transferência de moradores, na favela Jardim Edite, fez parte da reurbanização necessária à construção da Ponte Estaiada, que fez a ligação da Marginal com a Roberto Marinho. A segunda etapa das remoções é parte do plano que prevê a construção do prolongamento da Avenida Jornalista Roberto Marinho, a abertura de um túnel para a Imigrantes e a instalação de um parque linear no córrego em torno do qual foi construído a via.

Kassab (PSD) afirmou que o planejamento de transferência das famílias está em bom ritmo. “Está indo bem. É o maior projeto habitacional do mundo, onde aproximadamente 10 mil famílias que moram em condições inadequadas vão ser transferidas para novas unidades construídas pelo projeto. Um projeto grandioso que vai construir o segundo maior parque da cidade, unidade habitacional para 10 mil pessoas e o túnel de ligação com o complexo Anchieta Imigrantes, além da nova avenida.”

“É uma obra emblemática, pois ela mostra o cumprimento da Prefeitura às regras estabelecidas junto com o Ministério Público, obedecendo à legislação, fazendo com que as pessoas que moravam aqui, em condições degradadas, possam continuar na região, morando com mais dignidade. Portanto, é com muita satisfação que fazemos esta visita e em breve estaremos entregando as primeiras unidades”, afirmou Kassab.

O custo de todas as intervenções no Residencial Jardim Edith está estimado em cerca de R$ 43 milhões. Além das unidades habitacionais, o projeto prevê a instalação de uma creche, uma Unidade Básica de Saúde (UBS) e uma escola técnica de gastronomia em parceria com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social.

Segundo a Prefeitura, os condomínios Estevão Baião, Casemiro de Abreu, Gutemberg e Iguaçu vão absorver o reassentamento de aproximadamente 340 domicílios que serão removidos das Favelas Águas Espraiadas, Sônia Ribeiro e Emboabas, localizadas ao longo da Avenida Jornalista Roberto Marinho. No lugar dos barracos, haverá tratamento urbanístico e implantação de parques e áreas de lazer.

Local Favela Estevão Baião,antes

 

 

 

 

 

Estevão Baião,depois 

 

 

 

 

 

No Jabaquara, o empreendimento Corruíras (241 unidades habitacionais) vai receber a população que será removida da favela Levanta Saia, localizada no Campo Belo. No lugar da favela Levanta Saia a prefeitura pretende implementar um projeto de paisagismo, com plantio de árvores e playground.

Corruíras,antes

 

 

 

 

 

Corruíras,depois

 

 

 

 

 

Austrália Cruzada,antes

 

 

 

 

 

Austrália Cruzada,depois

 

 

 

 

 

Barro Branco,antes

 

 

 

 

 

Barro Branco,depois

 

 

 

 

 

Nelson Estevão,antes

 

 

 

 

 

Nelson Estevão,depois

 

 

 

 

 

Sta Catarina X Cons.Real,antes

 

 

 

 

 

Sta Catarina x Cons.Real,depois 

 

 

 

 

 

Nas ilustrações acima,vemos a importância destes projetos em benefício não só da população carente mas também da modificação paisagística,proposcionando uma valorização de todo um entorno duplicando,até triplicando os valores dos imóveis que não serão desapropriados,principalmente na região tão degradada do bairro e distritos do Jabaquara com a criação do parque linear e a eliminação total da favelas,transformando esta região em melhorias de trânsito com a construção do túnelque ligará a Av.Roberto Marinho com a Imigrantes.

 

Opinião final do engenheiro urbanista Vagner Landi,especialista em política urbana sobre Operações Urbanas,

O único instrumento,hoje,capaz de modificar a paisagem urbana,revitalizar uma região e dar oportunidade de melhor moradia para todos e atrair grandes empreendimentos e proporcionar uma contra-partida sem atingir os cofres públicos e dar a iniciativa privada a oportunidade de construir acima do potencial construtivo com certeza de bons negócios e para a prefeitura um retorno tremendo em impostos e geração de empregos,mas os procedimentos são muito lentos de nossos governantes em relação a necessidade da capital paulistana precisar correr contra o tempo para um futuro melhor.

Deixe seu recado abaixo em “Deixe seu comentário”,que o mesmo será publicado e respondido !

Obrigado…

 

Sobre engvagnerlandi

Engenheiro Civil , formado Pela Faculdade de Engenharia São Paulo na capital paulistana , Especialista em Uso e Ocupação do Solo , Plano Diretor e Aprovações de Projetos e Licenciamentos na Grande São Paulo. Tem o Urbanismo como convicção , sempre defendendo uma Melhor Qualidade de Vida para os bairros de SAMPA
Esse post foi publicado em POLITICA URBANA, Uncategorized e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

113 respostas para Operação Urbana Água Espraiada-Desapropriação e Habitação Popular

  1. Da disse:

    Sr. Eng. Vagner, o Sr. tem informações sobre o status das obras? Percebo que o Viaduto Lino de Moraes Leme está com um bom ritmo de obras. Ele faz parte da operação urbana e tudo me leva a crer que, com sua conclusão, outras frentes de trabalho poderão ser retomadas. O grande problema são as desapropriações, muitas delas paradas e boa parte ainda nem interposta judicialmente pela prefeitura. O que o Sr. acha?

    Curtir

  2. Carlos Eduardo Castro disse:

    Bom dia. As obras do parque linear estão paradas devido a troca de prefeito mas não foram suspensas certo ? O sr. saberia me informar qual o local correto que eu posso me informar se minha casa sera desapropriada? fui no Desap na rua conselheiro feijo 166 na Liberdade, mas la não me informaram de fato se meu imovel esta na area de desapropriaçoēs do parque linear. existe outro orgão da prefeitura para eu consultar e que possam me forneçam uma certidão de desapropriação? grato

    Curtir

    • Olá Carlos, seria bom comparecer no 17º andar do Edificio Martinelli , Metro S Bento e procurar ser atendido por um arquiteto ou tecnico referente e Operação Urbana Agua Espraiada, acho que terá a informação necessária,
      abs
      Vagner

      Curtir

      • Carlos Eduardo de Castro disse:

        Bom dia eng. Vagner, com a nova administração do prefeito Doria a partir de 2017 será que podemos esperar avanços significativos na operação urbana aguas espraiadas? O sr. tem alguma previsão ou mesmo um palpite de em quantos anos ficara pronto o parque linear que faz parte da operação? grato

        Curtir

      • Temos grande esperança em Dória e seria bom que todos entrasse na pagina do prefeito e enviar comentários para pressionar as obras tanto da Operação Urbana como do Monotrilho e principalmente o parque linear com o túnel que ligaria a Av. Roberto Marinho com a Imigrantes, isso iria beneficiar muitas habitações populares que devem ser construídas assim como que não vai ser desapropriado na valorização até 3 vezes mais seu imóvel.
        abs
        Vagner Landi

        Curtir

  3. keli disse:

    É VERDADE QUE O LADO DIREITO ODA RUA JORGE DUPRAT FIGUEIREDO SERÁ TOTALMENTE DESAPROPRIADA PARA CONSTRUÇÃO DE UM PARQUE LINEAR.COMO FICARÃO ÁS FAMILIAS QUE RESIDEM LÁ A MAIS DE 50 ANOS?

    Curtir

    • Oi Keli , não sei te informar pois esse projeto está suspenso , e deve ser retomado pelo futuro prefeito, mas as desapropriações para construção deste parque linear estariam em torno e concentradas mais nas favelas do cinturão desde a av. Roberto Marinho até a Rod. dos Imigrantes, mas quem for desapropriado receberá o valor do imóvel dentre a média de três avaliações se houver recusa por parte do desapropriado.Sorte de quem não for desapropriado , pois a Revitalização favorecerá toda a região em Revitalização Urbana.
      A sua rua não tenho conhecimento a respeito , o melhor é se informar no Edifício Andraus 17º andar – Centro
      abs
      Vagner

      Curtir

  4. ESTELA disse:

    Nossa.. quanto comentário sem fundamento. Para você que trabalhou duro para comprar a sua casa e trabalha até hoje, quero dizer que você teve oportunidade para isso, teve como correr atrás. E essas pessoas que moram em favelas, você acha que elas têm as mesmas oportunidades que você? Só pelo modo que vocês as descreve já conseguimos ver que essas pessoas não tem oportunidades nenhuma. E por mais que existam pessoas dignas e que trabalham duro (para ganhar uma miséria) e que moram nas favelas, elas sempre serão vistas como os “favelados que incomodam”. Me poupem! Sou de classe média também, trabalho duro e meus pais sempre fizeram o impossível para que eu tivesse uma boa educação! E justamente por ter estudado, e muito, sei a dívida tremenda que o Estado têm com essas pessoas que moram em favelas.
    Tanto nas favelas quanto em áreas nobres há pessoas boas e pessoas ruins… quantos ricos corruptos e ladrões nós não conhecemos? E vocês querendo dizer que ladrão só existe em favela! Façam-me o favor de ir ler um livro de urbanismo, de se informar como o seu bairro com IPTU caro se desenvolveu, e de parar de achar graça em morar em bairros para ricos e começar a achar graça em morar em uma cidade que oferece possibilidade para todos! Uma cidade que seja boa como um todo! Garanto a vocês que quando todos tiverem acesso as mesmas oportunidades os pobres vão parar de incomodar vocês, simplesmente pelo fato de também terem a chance de correr atrás do deles.
    E o Haddad está trazendo mudanças muito significativas para a cidade de São Paulo, com novo Plano Diretor, novo Zoneamento, nova política habitacional, independente de ser do PT ou não. Além disso para bairros caros, como o Campo Belo, e para evitar que as pessoas pobres vendam seus apartamentos por se tratar de uma área valorizada da cidade a proposta é de aluguel social, ou seja, o imóvel não seria do morador e sim da prefeitura (afinal se você fosse pobre e te oferecessem 500mil que fosse para você vender o seu apartamento, claramente se fosse ignorante, ou seja, se lhe faltasse informações, você venderia, por se tratar de uma quantia que nunca recebeu na vida).
    Mas para que essas mudanças fossem reconhecidas vocês precisariam realmente estudar um pouco de urbanismo e conhecer mais a cidade aonde moram. Aliás, conhecer mais, pressupõe que conheçam um pouco, então acho que precisam de fato conhecer a cidade onde moram.

    Curtir

    • Olá Estela , muito bem colocado suas palavras ,pois a política de habitação popular dá preferência para quem mora na localidade , vamos dar exemplo na região do Jabaquara, CAMPO bELO E bROOKLIN ,ERAM 19 FAVELAS PARA SEREM DESAPROPRIADAS PARA RECEBEREM MORADIAS DIGNAS E NOVAS PARA TODOS , MAS ALÉM DELE, HADDAD ,ALTERAR O PROJETO OU PARALISAR AS OBRAS DA O U AGUA ESPRAIADA , NÃO ENTREGOU NEM 20% DO PROMETIDO E POR ISSO ESSA REGIÃO ESTÁ NO CAOS TOTAL.
      SEMPRE DEFENDI MORADIAS DIGNAS PARA ESSE PESSOAL DE CLASSE BAIXA POIS 90% SÃO PESSOAS BOAS E MERECEM UMA CASA DIGNA COM PRESTAÇÕES DE ACORDO COM A RENDA FAMILIAR.
      EM ÂMBITO GERAL DEFENDO EM MEU BLOG A POLÍTICA URBANA E A MELHOR QUALIDADE DE VIDA NUMA VISÃO URBANÍSTICA EM PROJETOS URBANOS VISANDO ACESSIBILIDADE , MOBILIDADE URBANA E PAISAGEM URBANA.
      ESSA VISÃO PARA HABITAÇÃO POPULAR DEFENDO QUE SEJAM IMPLANTADAS NA PERIFERIA DE SÃO PAULO , MAS COM PROJETOS UNIFICADOS A PEQUENOS CENTROS COMERCIAIS, POSTOS DE SAÚDE , CRECHES E ESCOLAS E TRANSPORTE PÚBLICO NA PORTA DO CONJUNTO HABITACIONAL , POIS É MUITO DIFÍCIL PARA AS PESSOAS DE POUCA RENDA MORAREM EM BAIRROS NOBRES ONDE O CUSTO DE VIDA É MUITO ALTO PARA SE MANTEREM AO LONGO DO TEMPO E TAMBÉM AS MESMAS TÊM EM CONTRATO QUE NÃO PODEM VENDER SEUS APARTAMENTOS ATÉ QUITAREM JUNTO A PREFEITURA.ESTE EXEMPLO ESTELA, ACONTECE QUE FAZEM CONTRATOS DE GAVETA E LOGO VENDEM E MUITOS DESSE VOLTAM PARA BARRACOS TORNANDO UM PROCESSO VICIOSO.
      MAS AGRADEÇO SUAS PALAVRAS E MUITO LEGAL TROCAR PALAVRAS COM VOCÊ.
      OBRIGADO PELO COMENTÁRIO !!!

      Curtir

    • ROSELI REGINA DA SILVA disse:

      Querida provavelmente sua casa lindinha não vai ser desapropriada neh pq nasci na favela e meus pais trabalharam pra que pudesse dar um lugar digno para que os filhos vivessem, dai vem um ser humano desapropria sua casa e nem ao menos o valor da pra comprar outra casa no mesmo bairro, me poupe defensora dos pobres e oprimidos hj em dia quem mora na favela vive melhor do que quem mora na rua em casas pq não precisam pg imposto água luz e muitas outras coisas, além de tudo todos tem carro do ano viajam sempre enquanto nós moradores de casas na rua temos que economizar ao máximo pra poder dar um pouco de conforto aos nossos filhos então me poupe dos seus comentários desnecessários pq me da enjoo, hj em dia não tem ninguém besta pra aceitar miséria em pagamento de suas casas desce na favela e vê por quanto eles vendem um barraco la depois vc tira suas conclusões de que são todos ignorantes em relação a preços, não sou contra a reurbanização desde que seja justo pra todos eu e meus filhos temos que sair com uma mão na frente e outra atrás pq não recebemos pra sair das casas e sim meses depois e se receber pq eles não pagam tudo de uma vez, agora te pergunto será que 480 mil aqui na vila santa catarina da pra comprar duas casas com 6 cômodos cada e mais um ponto de comercio, por favor antes de abrir sua boca olhe os dois lados da moeda pq se eles não tem condiçoes de comprar nem eu que recebi de herança e terei que perder por causa dos outros.

      Curtir

      • Comentário relocado em nosso Blog a quem de direito esta resposta
        agradecido
        Equipe do Blog

        Curtir

      • maria sousa disse:

        d.roseli eu moro em uma favela e não e tao fácil como vc descrevi;eu falo por mim que vivo isto todos os dias imagina todas as noites vc não conseguir dormir um sono sossegado com medo de incêndio.sair pra trab e chegar em csa cansada abrir a torneira e não ter agua pra tomar um banho agora si mim perguntar si eu quero pagar agua sim si eu quero ter minha luz e pagar por ela simmmm poder ligar e reclamar quando acaba.o mesmo sonho que vc tem para seus filhos e família eu tenho pra minha.porque infelizmente não moro em uma favela porque gosto mas porque não tive a oportunidade que vc teve mas com esta oportunidade que esta surgindo com estes apartamentos estamos vendo uma luz no fim do túnel..desculpas pra quem não gostar.nao estou falando nada que não vivo na pele.

        Curtir

      • cOMENTÁRIO RELOCADO EM NOSSO BLOG DE MARIA sOUSA PARA ROSELI
        AT
        EQUIPE DO BLOG

        Curtir

  5. Adriana disse:

    Vagner, você tem alguma informação de quando serão retirados os morares da Rua Palmares. Essas casas pertencem a prefeitura e são invadidas.

    Curtir

    • Olá Adriana , não tenho esse tipo de informação , mas vamos acreditar que o próximo prefeito tem que acelerar as obras de varias habitações populares que a atual administração não entregou nem 20% do prometido , transformando essa cidade na Cidade dos Pedintes e dos arruaceiros.Revitalizar as praças e parques públicos , reformar e sinalizar a malha viaria interna dos bairros nobres pagadores de IPTU altíssimo e acabar de vez com essas invasões e colocar todos esses vagabundos aliciados da cadeia.
      abs
      Vagner Landi

      Curtir

      • Olá Adriana , não tenho esse tipo de informação , mas vamos acreditar que o próximo prefeito tem que acelerar as obras de varias habitações populares que a atual administração não entregou nem 20% do prometido , transformando essa cidade na Cidade dos Pedintes e dos arruaceiros.Revitalizar as praças e parques públicos , reformar e sinalizar a malha viaria interna dos bairros nobres pagadores de IPTU altíssimo e acabar de vez com essas invasões e colocar todos esses vagabundos aliciados da cadeia.
        abs
        Vagner Landi

        Curtir

  6. Beatriz disse:

    Eu gostaria de saber quando que vão desapropria a favela do Vietnã?

    Curtir

  7. Pingback: RESIDENCIAL CORRUÍRAS – TEORIA URBANA I

  8. Camila Cecília Alves disse:

    Boa Noite gostaria de saber como faço para saber mais a respeito da remoção dos moradores da comunidade Paraguai.Pois está tendo muito disse me disse.

    Curtir

  9. Pingback: Câmara Municipal de São Paulo – Habitações de Interesse Social – Lei de Uso do Solo – Housing Social Interest – São Paulo -住宅社会的関心 – サンパウロ | Eng. Urbanista Vagner Landi

  10. alvani rosa alves disse:

    Eu moro na favela Vietnã na rua Franklin Magalhães e gostaria de saber quando agente vai ser desapropriado, minha casa esta caindo os pedaços e gostaria de fazer uma reforma ..mas não posso gastar dinheiro em vão.por isso quero saber quando iremos sair daqui. Algumas pessoas já sairão por conta do risco de desabamento mas a minha não tem risco nenhum pois e afastada do corrego.

    Curtir

  11. josé marcos disse:

    Gostei do projeto dos apartamentos da rua estevão baião eu estou na lista de desapropriação da rua palmares,só que com quatrocentos reais de auxilio moradia não da para pagar um aluguel em são paulo estou em minas no norte ,aguardo anciosamente o termino destas obras porque o sol nasce para todos e estamos no mundo cheio de desigualdades e nós seres humanos somos todos iguais independentes de poderes aquisitivos ou não.grato a Deus.

    Curtir

    • Olá José , nosso Blog é para ajudar as pessoas com ideias de revitalização urbana e fazer críticas construtivas e negativas aos maus tratos que a PMSP trata seus contribuintes.Esperamos que vc consiga o seu apto,mas fique atento a todas as informações .abs
      Vagner

      Curtir

      • Taize disse:

        Bom dia!

        Alguém sabe o prazo para entrega do Estevão Baião, agora que estão dando continuidade à obra.

        Depois de um bom tempo paralisada.

        Curtir

  12. Rodrigo Ramos disse:

    Sou morador da Rua Xavier Gouveia próxima a favela na Av. Espraiada atual Roberto Marinho, tem uma favela na Rua Cristóvão Pereira que invadiram um terreno e cada vez mais tem gente morando de forma sub humana. Não respeitam os próximos ligam o som alto com músicas vulgares, vendem drogas e são pessoas que moram de forma totalmente irregular! Mas querem moram em área nobre, zona sul, campo belo, São Paulo, aonde o metro quadrado nos dias de hoje custa entre 8 a 10 mil reais. Pago IPTU caro para morar nessa região e todos os meus impostos em dia. Gostaria de saber se existe a possibilidade de entrar com uma ação contra a Prefeitura uma vez que eu pago IPTU para morar nessa região enquanto os favelados não pagam nada para morar na mesma rua?

    Curtir

    • Rodrigo,não temos o que fazer pois estamos presenciando uma das piores administrações municipais dos últimos 30 anos,nossa unica esperança é a finalização desta obra,pois quando estiver chegando ao final,com certeza estas favelas terão que sair ,mas pelo visto o PT não tem interesse em terminar esta obra tao já,pois temos eleições estaduais este ano e quanto mais conflituo tiver é melhor para eles.
      abs
      Vagner

      Curtir

  13. Indignada disse:

    Esse bairro já está cheio de maloqueiros, badidagem, e vocês ainda vão subir mais ainda a maloquerada pra cá. Agora você me diz….em que momento existirá uma valorização de nossos imóveis? ao contrário se eu quiser vender, ninguém vai querer comprar. Porque o governo constroi , fica tudo lindo, mas não existe fiscalização. Vão construir em plena avenida sta catarina, a bandidagem vai adorar um Mc Donalds ao lado, um supermercado DIA bem na frente, lindo né. Pagamos IPTU, luz, água, guarda noturno porque a bandidagem que vocês querem subir já rouba nossas casas hoje e fazem racha em nossas ruas, enfim tem tanto terreno em são paulo que essas obras são a prova que não existe planejamento neste país e SIM DESOVA.

    Curtir

    • A valorização dos imóveis lindeiros ao entorno só terão valorização após a conclusão das obras,mas o prefeito Haddad paralisou as obras pois a política do PT é favorecer o conflito , os favelados e não dar valor a obra do Mono Trilho e do Metro que é do Governo do Estado ,entendeu!
      Concordo plenamente com sua colocação e acho que Habitação Popular tem serconstruida fora do Mini Anel Viário e não em áreas nobres.Esta obra se o Haddad não tivesse paralisado já estaria bem adiantada e as favelas já estariam desapropriadas.
      Obrigado pelo comentario

      Curtir

    • sueli disse:

      Concordo ! e estou na mesma situação vai desvalorizar muito todas casas da av. santa catarina . é uma pena depois de 60 anos no local teremos que vender por preço baixo e o pior até os comércios estão querendo fexar. Nos que pagamos impostos não temos valor algum para nossos Politicos. Quando fiquei sabendo não acreditei: estuo muito triste com tudo isto. Eu não via a hora da favela sair , e agora ela vai ser minha vizinha? Tudo isto e um horror!

      Curtir

      • Olá Sueli,a pressão para o retorno das obras da Operação Urbana Agua Espraiada é muito importante junto ao prefeito Haddad,pois com a obra concluída,todas as favelas terão que sair para dar espaço a uma parque linear verde sobre o túnel que ligará a Roberto Marinho até a Imigrantes e com isto voltará a valorização dos imóveis lindeiros.O importante é fazer a cabeça do prefeito para parar de defender favelados e pensar na melhor qualidade de vida de todos.
        abs
        Obrigado pelo comentário

        Curtir

  14. Joao Eduardo disse:

    Bom dia eng Vagner Landi, o senhor sabe se as obras estão paradas? Estou localizado na rua Laguna, próximo a Avenida João Dias, e não sei ao certo se haverá desapropriação ou não, e se houver quando será. O Sr. tem informações sobre isso? Grato,

    Curtir

    • Ola, Joao, é melhor voce comparecer a Praça do Patriarca com a Rua Libero Badaró e pegar informações no prédio da prefeitura sobre Operações Urbanas e perguntar sobre a Operação Urbana Agua Espraiada,pois não sei te informar o que está acontecendo,mas as obras estão paradas,
      abs
      Vagner

      Curtir

  15. vagner disse:

    Todo mundo adorando tudo isso, mas minha casa será desapropriada, para a construção dessas moradias…pagamos os impostos a vida inteira, fora que batalhamos muito para conquistar nosso imóvel, para ceder nossa moradia para construção de moradias para pessoas que nao pagam, luz, aguá, iptu…não tenho nada contra o pessoal da comunidade muito pelo contrario, admiro e gosto muito deles…mas seria correto a prefeitura buscar terrenos grandes e vazios….o pior de tudo isso é que a indenização é uma merd@…

    Curtir

  16. Liana disse:

    Triste mesmo é ver tantos comentários preconceituosos.
    Porque sim, é claro que tem muitos que seguem o caminho errado, das drogas e assaltos,
    mas a grande maioria dos moradores são pessoas trabalhadoras, humildes q não tiveram as mesmas oportunidades que aqueles que se denominam classe média.
    Isso sem comentar que os maiores ladrões mesmo moram bem longe das favelas.
    E para quem pensa que é presente, não é.. porque é pago o valor do imóvel, por anos,
    sem ter o minimo desconto pelo q já foi construído porque muitas pessoas também perdem boas e grandes casas, porque não são todas que moram em barracos.
    Fico triste por essas obras estarem paradas porque adoraria viver em um lugar MEU de verdade.
    Quem sabe até sem ser vista com tanto desprezo pelas outras classes e ver que meus vizinhos e familiares também vivem bem.

    Curtir

    • Liana,
      As duas principais razoes em que defendo a continuidade desta obra,são:
      – A revitalização e reurbanização da região para a Melhor Qualidade de Vida,
      – Casa própria e dignidade para todos que moram há anos nestas favelas lindeiras e que estão inscritos para receberem sua casa própria e poder criar sua família com respeito de todos.
      Boa Sorte pra você e obrigado pelo seu comentário e vamos torcer para que o atual prefeito de continuidade a esta obra tao importante.
      abs
      Vagner Landi

      Curtir

  17. ELAINE disse:

    Eu fico indignada, não é preconceito, pois nós da classe média temos que trabalhar duro para conseguir comprar uma casa, porque tem pessoas que se acham no direito de receber uma casa de graça?! Vão trabalhar e comprar, chega de bolsa família de de malandragem, ainda temos que pagar gatos que eles fazem, pois nem água e luz essas pessoas pagam e ainda fica reinvidicando coisas.

    Curtir

    • Elaine,temos que ter paciência,pois estamos no governo do PT e a política é satisfazer que não lê jornais,quem não paga impostos-escola particular-plano de saúde e outros.
      A prove de tudo é que o Haddad paralisou as obras da Agua Espraiada e estas obras que vc está vendo ao longo da avenida é do Governo do Estado que vai terminá-la e as favelas continuarão e só irão sair quando retomarem as obras e sabe quando…..ninguém sabe!!!
      A Política é incentivar a Bagunça,a Insegurança e ainda querem pegar o Governo do Estado.
      Nós,os mais esclarecidos fazemos parte dos 30% que não votam em PT.
      abs
      Vagner Landi

      Curtir

      • José disse:

        Ter Paciência, teoricamente o governo é eleito pelo povo, então que cada comunidade que se sinta insatisfeita que se organize e trabalhe para que tais polticos não sejam mais eleitos, aliás acredito que deve-se começar a cobrar dos que no momento estão no poder, e não esperar que algum santo seja eleito para atender as necessidades de um povo ou uma região, então que as comunidades, cobrem do atual governo.
        Quanto a administração anterior, “não tenho a menor intenção em defender” pelo que verifiquei acredito que foi pelas licenças ambientais que só foram aprovadas no fim do mandado, o motivo do não início das obras do parque e do prolongamento da Roberto Marinho.

        Curtir

      • Sandra disse:

        Não seria mais interessante para todos se no local da rua Estevão Baião fosse um Shopping center?

        Curtir

      • José disse:

        E.T. também não voto no partido do atual governo municipal de São Paulo.

        Curtir

    • Elaine, só pra ressaltar, as formulas de financiamento para a compra de um imóvel é diferente ao bolso e crédito perante aos bancos com relação à uma familia de baixa renda e uma familia de classe média, media alta ou que seja. Pare olhe mais profundo sua indignação também é a de quem só tem esse empurrão do governo para conseguir sair da extrema pobreza, a começar por ter um lar, simples e adensado, mas é o ponto de partida para muitas pessoas que farão a diferença no futuro. A culpa não é deles!

      Curtir

  18. Francinete Araujo disse:

    Bom dia Vagner gostaria de saber se a obra do tunel roberto marinho vai desapropriar a favela fazendinha no bairro água funda aqui no inicio da imigrantes?

    Curtir

  19. Bruna disse:

    Gostaria de saber quais empreendimentos já foram realizados atualmente na Operação Urbana Água Espraiada. Obrigada!

    Curtir

    • Olá,Bruna,
      Para maiores informações seria bom vc comparecer no Edificio Martineli na Rua São Bento 17º andar e procurara algum arquiteto da Prefeitura e pedir algumas informações sobre a Operação Urbana Agua Espraiada .
      Varios empreendimentos de Habitação Popular contemplados pela O.U. já foram construídos na Av.Roberto Marinho como o do Jd.Elisa,antiga favela da região e os proprios moradores já estao no local morando.
      No momento o atual prefeito Haddad continuou com a mesma idéia do Kassab em não dar início a esta importante obra que irá revitalizar todo o entorno dos bairros e dar moradia para muitos desfavorecidos.

      Curtir

  20. rosana da silva disse:

    Rosana quero saber como vai ficar nossa situaçao aqui na favela poi tenho familia somos trabalhadores, por isso se tenho direito quero ter o meu mais vejo tanta coisa errada nesta favela que eu realmente tenho medo de favorecer a outros que nao tem direito pois muita gente ja recebeu a ainda continua morando na favela como se tivesse direito e nao tem pois ja receberao pelo seu barraco quero moradia nao quero cheque aluguel ainda mais que a prefeitura vivi atrazando-depois isso, vejo as pessoas comentar as pessoas tao pra tira o pesssoal da favela mais nao sabe que tem muita gente onesta que se viver ali nao e porque quer.

    Curtir

    • Rosana,compartilho o seu sofrimento e honestidade.Não pertenço aos quadros da prefeitura e sim tenho o meu Blog para defender a Melhor Qualidade de Vida para todos em nossa capital.Quando falamos em Qualidade de Vida é para todas as classes sociais,pois somos todos trabalhadores.A Prefeitura é muito demorada na questão Habitação Popular,pois lança estas obras faraônicas que por uma lado é bom para São Paulo para melhorar a Mobilidade Urbana,Revitalização e Reurbanização da nossa capital,mas esquece que neste contesto existem famílias e crianças que precisam de moradias dignas e não apenas de cheque aluguel,que muitos estão se beneficiando de mais uma maneira de tirar o dinheiro dos cofres públicos.Muitos destes são ligados a vereadores ou deputados que fazem o jogo dos políticos,prejudicando as boas famílias que moram em barracos a espera do tão sonhado lar próprio.
      Ficamos muito entristecidos quando o prefeito Haddad,paralisou as obras da Operação Urbana Água Espraiada.prejudicando não só mais construções de Habitação Popular na região como a Revitalização desta região que é um importante eixo de ligação entre a marginal Pinheiros e a Rodovia dos Imigrantes,eixo este que liga o transporte terrestre de varias cidades do interior paulista até o Porto de Santos.
      E assim caminhamos para esta cidade que recebe a todas as raças e credos mas não respeita a integridade dos mais humildes,disfarçando na mídia que faz bem aos mais necessitados com seu Bolsa Família.

      Curtir

      • helena disse:

        Voce mora por aqui acho que nao..e a periferia zona leste e sul ,norte e oeste..acho muito importante ajudar,revitalizar essas areas e nao areas nobres que ja tem tudo acho muito estranho pois a periferia continua sem nada.Uma pena esse tipo de pensamento.Essas pessoas continuam sem metro,onibus,seguranca sem nada vamos investir nessas areas a energia envolvida tera um retorno como voce diz acima(trabalhadores) bem melhor….

        Curtir

      • Olá Helena,moro em São Paulo e defendo muito esta cidade para a melhor qualidade de vida para todos,só que lugar de favela não é na Zona Leste,Sul,Norte ou Oeste e sim moradia digna para todos,mas não de graça,todos tem que pagar uma mensalidade para ter sua casa propria,trabalhar,batalhar e aguardar o retorno assim como nós que somos descendentes de imigrantes italianos,portugueses,espanhóis e outras etnias formamos nossas famílias e nunca precisamos de Bolsa Família e lutamos contra uma política corrupta que sempre foi o nosso Brasil e não é dando casa de graça e deixando invadir terrenos particulares que vamos elevar nossa Qualidade de Vida em São Paulo.
        Sou completamente contra favelas,que para mim são escolas de bandidos,sou a favor ,sim,da revitalização dos bairros periféricos e dos bairros nobres onde não comportam classes sociais desiguais,causando insegurança a todos.
        Moro sim em São Paulo e moro muito bem,mas defendo uma São Paulo que está abaixo do que eu pretendo ver,e não sei se vou conseguir ver,pois nosso povo está sofrendo o que o nosso governo plantou,governo este que o próprio povo votou e continuará votando,em troca de Bolsas Famílias de uma política corrupta,só não vê quem não lê e não se informa,não é atoa que 70% são ignorantes,exatamente a porcentagem de aprovação do santo Lula.

        Curtir

  21. Eduardo disse:

    Caros amigos,os moradores das “comunidades”estão sendo removidos….alguns optaram pelo vale aluguel,outros por apartamentos que a PMSP está construindo ou vão construir….isso se de uma hora pra outra a PMSP resolver parar!!!!,quem mora em terrenos do DER também estão saindo e recebendo indenização,está tudo bagunçado,ninguém(PMSP e Metrô) tem informações exatas do que esta acontecendo ou vai acontecer,pois a PMSP,o metrô estão comendo todos pelas beiradas,já tem muita gente que foi desapropriada!!!,e apesar do nosso Prefeito Sr. Haddad dizer que as obras do tunel estão paralizadas por falta de caixa,nos meios jurídicos já foram expedidos mais de 500 processos pela SPObras contra moradores….Moro e trabalho na Av. Tulio Teodoro de Campos e todos aqui estão sendo citados por meio de oficial de justiça à respeito de processo de desapropriação,à todos nós só resta uma alternativa,ou nos ORGANIZAMOS CONTRA as desapropriações ou de um em um a PMSP e o Metrô vão tirar nossas casas,só restando “brigar” na justiça por Indenizações JUSTAS,e quem está no Vale Aluguel ou mora em propriedade do DER rezem para que recebam…Quando?Não sei…..,A PMSP está desapropriando Particulares(Com escritura,IPTU,etc…)pagando uma miséria por suas casas e terrenos para construir Conjuntos residenciais aos moradores de “comunidade” e dos que estão em terrenos do DER,ou seja TODOS NÓS estamos sendo prejudicados,e acredito que tem muito interesse de gente grande por trás….Acredito que a PMSP e o Metrô junto ao Governo Federal estão agindo assim para nâo chamar a atenção da mídia e da população…pois tirando de um em um,quem vai notar?Cade o MP para investigar isso?Cade o governador, a presidenta?estão belos e folgados em suas casas,enquanto isso várias famílias de bem estão pagando em nome do “BEM COMUM”…..Em nosso País sério,Kkkkkkkkkk……quem liga????

    Curtir

  22. Gere disse:

    Ola, vejo muitas contradições nesse blog a começar do artigo que foi publicado, sobre as edificações prometidas na gestão passada poucas foram as que se cumpriram e as que se cumpriram nem de longe esta como o prometido. Para conferir basta ir até os locais e conferir com os próprios olhos.

    Outra coisa não entendi a colocação do Sr Vagner quando diz que os moradores atingidos não poderão pagar suas moradias pois o padrão de financiamento e despesas foge totalmente da realidade dos que ali moravam?! Será que esse procedimento é proposital?

    Estamos vivendo a logica da exclusão, onde as famílias menos favorecidas não são prioridades nos bairros onde nasceram e cresceram!!!
    A realidade esta muito longe do que foi colocado nesse artigo, é lamentável ler inúmeros comentários preconceituosos, no qual criminaliza e desmerece os moradores das comunidades!!!
    A defesa da qualidade de vida deveria ser na perspectiva da igualdade social e não na exclusão que intensifica ainda mais o conflito urbano.

    “Só sente o problema quem vive ele”

    Curtir

    • Meu caro,Geylson,as contradições que voce lê em nosso Blog,são as indecisões políticas partidárias,pois um prefeito promete e aprova um projeto e vem o outro e cancela orçamentos já aprovados e inícios de obras cancelados para articular novos contratos,isto meu amigo é no Brasil todo,não importa a qual partido,PSDB,PT,PTB,PMDB e outros e os prejudicados são as pessoas dignas que vivem em comunidades de alvenaria ou barracos de madeiras,aturando maus elementos que habitam e se escondem nestes lugares.
      O ideal era não ter mais estas habitações sub-humanas e dar moradia para todos,como já foram construídos edifícios no Jardim Elisa na antiga favela,que ficou uma maravilha,mas os moradores atuais tem que fazer a manutenção do local,se não vai virar favelas verticais.
      Defendo sim moradias dignas e o governo estava num rítimo acelerado,mas agora parece que o negócio parou de vez,pois o Haddad paralizou esta importante obra que é a Operação Urbana Agua Espraiada,prejudicando toda a região nobre desta localidade e a continuidade das horripilantes favelas que denigrem a paisagem urbana.
      abs
      Vagner

      Curtir

  23. José disse:

    Gostaria de saber se ha alguma previsão para o ínicio das obras de prolongamento da Av. Roberto Marinho e/ou parque linear, vasculho pela net, site da PMSP, etc…, diversos lugares e não encontro nenhuma posição

    Curtir

    • Olá,
      João
      Como houve uma mudança de administração sempre há um interesse a parte nas obras de como foram fechados os contratos na gestão Kassab,mas logo as mesmas serão retomadas e vai deixar a região valorizada trazendo grandes empreendimentos elevando assim o valor venal dos imóveis e reurbenizando a região do Jabaquara e bairros vizinhos retirando assim estas favelas que sao escolas de bandidos e diminuindo o índice de assaltos na região quando esta grandiosa obra estiver pronta.
      Abs
      ENg.Vagner Landi

      Curtir

  24. Ligia disse:

    Gostaria de saber se será desapropriada área na Av Jornalista Roberto Marinho com Rua Antonio de Macedo Soares, no Campo belo…grata Lígia

    Curtir

    • Olá,
      Ligia
      Pelo que sei toda esta área no entorno da Roberto Marinho,são terrenos no DER e quando começar a obra do túnel que ligará a Imigrantes,
      irão começar também as margens da avenida para reurbanização e alargamento da avenida para saídas para a ruas laterais.
      Mas apenas os terrenos que são do DER e onde estão inseridas as ZEIS e, terrenos invadidos pelas favelas,que serão para construção de
      edificios para habitação popular em lugares onde estão as ZEIS no projeto.
      abs
      Vagner Landi

      Curtir

      • Ligia disse:

        Olá Vagner…grata pela sua resposta….
        ( primeira pergunta:Gostaria de saber se será desapropriada área na Av Jornalista Roberto Marinho com Rua Antonio de Macedo Soares, no Campo belo)
        Segunda pergunta: …é que sou proprietaria de um tereno que do meu lado na rua antonio de macedo soares é do DER metade do terreno tem invasão dos favelados,meu terreno é um L, começa na Rua Antonio de Macedo soares e faz um L com a Av Jornalista Roberto Marinho..está area vai ser incorporada pela prefeitura??
        Aguardo contato…grata

        Curtir

      • Ligia,
        é melhor vc comparecer a Praça do Patriarca 96 – São Paulo – SP na prefeitura e tirar melhores informações……….ok
        abs
        Vagner

        Curtir

    • Leidiany disse:

      A favela da Beira Rio que foi desapropriada e esta em cheque aluguel vai ser em apropriada em qual residencial?

      me ref a favela que era da rua Charles Murray campo belo

      Curtir

      • Olá,Leidiany
        Não sei informar para você esta situação,mas seria bom comparecer na Praça Patriarca na prefeitura e informar-se melhor
        abs
        Vagner Landi

        Curtir

  25. Elisete lopes dos santos disse:

    Boa Noite Vagner Lande…gostaria de saber como faço para adquirir um apartamento do jd edith, ja que moro nas imediçoes da av. roberto marinho…sou viuva e tenho dois filhos comigo….por favor me retorne no meu email elisetefatima@ig.com.br

    Curtir

    • Elisete,a prioridade e para quem morava no local e foram cadastrados na ocasião,mas nao sou a pessoa credenciada para dar esta informação,mas seria bom vc comparecer no prédio marginei na Av. Sao joao com rua s Bento e pedir informacoes no setor de habitação,mas acho que vc nao ira conseguir pois sao vagas super concorridas,pela localizacao em lugar nobre.
      EStes apartamentos na minha opiniao vão ser colocados a venda daqui a alguns meses pelos próprios moradores com contratos de gaveta,pois muitos moradores nao vão poder pagar os custos de condomínio ou manutenções,ou vá no local e veja se alguém de informacoes a respeito.
      Abs e boa sorte
      Eng. Vagner landi

      Curtir

    • ELisete,digitei errado o Edifício Martineli Av. Sao João com Rua Sao Bento

      Curtir

  26. Heleno Zanetti disse:

    Tenho um imóvel na rua Elmano Sadino 152 Vila Santa Catarina , Jabaquara , gostaria de saber se com a ampliação da Av. Agua Espraida , meu imóvel será atingido , se não , qual seria a distancia do meu imóvel

    Curtir

    • Olá,Heleno,não tenho esta informação,mas seria bom vc comparecer no 17° andar do Predio Martinele e perguntar sobre o setor que cuida da Operação Urbana Aguas Esparaiadas e se informar a respeito
      BAS
      VAGNER

      Curtir

  27. Giordana disse:

    Olá pessoal,
    Preciso lhes falar.. corram atras das informações, procurem um advogado desta area, vejam tudo que for possivel, pois a prefeitura nunca verá o lado dos moradores, sendo eles pagantes de iptu ou não, moradores de comunidades ou não, eles querem a desapropriação e ponto. Eu vivi isso na pele no ano de 2010, morava na avenida alda onde houve a desapropriação total, vcs podem olhar até no google maps, ainda não mostra como ficou hoje, mais já dá para ver uma grande parte remexida pelas maquinas. Fomos indenizados vergonhosamente por metro quadrado construido, consegui comprar uma outra casa no riacho grande depois da balsa, foi oque deu com a indenização, e muitos ainda estão no auxilio aluguel.. Agora para nossa infelicidade, passei por muitas e muitas vezes na frente da minha ex casa, já se passaram quase 2 anos e advinhem??? não tem absolutamente NADA CONSTRUIDO, nada que a prefeitura informou mandou panfletos que iam construir foi construido, esta uma area de desova de corpos e campos contaminados de sujeiras para as crianças brincarem.. ACORDA POVO NÃO ESPEREM ACONTECER. O MEU CASO NÃO SERÁ O UNICO. CORRAM ATRAS, NÃO DESEJO A NINGUEM OQUE PASSEI.. tenho tudo gravado em video todas as casas sendo derrubadas. Abraços a todos e boa sorte

    Curtir

    • Perfeito a sua colocação e esperamos que a administração,Haddad veja o lado dos mais fracos e proteja os moradores das comunidades com aptos ou moradias dignas para um lado revitalizar a paisagem urbana e de outro lado dar moradia digna para as famílias mais desprotegidas.
      O meu BLog esta aberto para a melhor qualidade de vida para os mais favorecidos e os mais desfavorecidos.
      OBrigado pelo comentário.
      VAgner Landi

      Curtir

  28. Regina disse:

    Vagner, Bom dia!!!
    Gostaria de saber os moradores da antiga Souza Dantas – Rua Jorge Duprat Figueiredo, para onde vamos??? Pensavamos que seria nos prédios do Jabaquara, mas, parece que não.

    Regina

    Curtir

    • Bel disse:

      agner, Bom dia!!!
      Gostaria de saber os moradores da antiga Souza Dantas – Rua Jorge Duprat Figueiredo, para onde vamos??? Pensavamos que seria nos prédios do Jabaquara, mas, parece que não.

      Regina

      Curtir

      • Olá Isabel,
        Nao tenho esta informacao pra te dar,mas seria bom vc ir ate o Predio Martineli no 17 andar e pedir informacoes a respeito.
        abs e boa sorte !!!

        Curtir

  29. Paloma' disse:

    Olá ,, sou morador da comuniidade imigranttes ,, gostariia de saber se ja estar em andamentto as construçoes dos apartamenttos e onde eles se encontram ! Obriigado .

    Curtir

  30. Miguel Arcanjo Costa disse:

    Moro na r. Henrique Mindlin, Cidade Leonor que, apesar de ter favela, minha casa, como algumas outras é terreno próprio e pagamos IPTU desde 1960. Porém, só se fala na remoção da favela e conjuntos habitacionais.
    E nós, seremos indenizados justamente, ou jogados nesses conjuntos, sabe-se lá onde.
    Detalhe, apesar de ser propriedade particular de meu pai, a construção através do tempo se tornou irregular em grande parte, sem plana nem “habits”, como, aliás, grande parte das contruções de São Paulo.

    Curtir

  31. paulo izidorio disse:

    morro na rua alba é não vejo a hora de sair daqui já foi no edifício martinelli e nem eles sabem nada ao certo,já estou cadastrada 3 anos mais preferia estar no auxilio aluguel do que espera aqui.QUERO DIGNIDADE

    Curtir

  32. Nádia disse:

    Boa tarde…
    Gostei muito do blog, parabéns!

    Gostaria unicamente de expressar a minha indignação com alguns projetos que vi de habitações populares.
    Eu morava na Av. Tulio Teodoro de Campos, em um apartamento que hoje esta sendo vendido por R$ 450 mil, e ao lado vão construir um CDHU que não vai alterar muito a paisagem atual!

    Sou estudante de Arquitetura e Urbanismo, estudo e moro atualmente em Madrid, e sempre acompanho a situação, pois como gosto muito do meu antigo apartamento, e com as melhorias, queria poder voltar a viver ali, mas com um projeto desse ao lado é de ficar revoltado!

    Meus antigos vizinhos estão odiando a idéia de construírem habitações populares bem ao lado dos nossos prédios, pois serão edifícios que vão desvalorizar os imóveis, por mais que tenha o parque, o metro e tudo de lindo e maravilhoso que a prefeitura promete!

    Não tenho nada contra as pessoas que moram na comunidade, acho que eles tem direito a uma moradia digna, mas o problema é que alem de pessoas boas, honestas, educadas, tem aqueles seres insuportaveis, que vão continuar colocando carros com o som ao extremo, vão continuar traficando drogas, roubando.

    Uma pena que São Paulo sempre escolha os mesmos escritórios que cometem os mesmos erros arquitetonicos e que não tenham o minimo de preparo para fazer uma planta para uma familia numerosa. Sempre a mesma planta padrão de CDHU, ridicula, minuscula, que nao cabe duas camas em um quarto e um conjunto de sofás na sala.
    Vou enviar um livro de ergonomia para esses escritorios, para ver se assim eles param e pensam um pouco que os predios devem ser feitos para pessoas de estatura media/alta, e não crianças. E um livro de estetica, pois o que adianta fazerem um parque lindo e bla, bla, bla, e um CDHU horrivel.
    Espero que no minimo, não coloquem roupas penduradas pelas janelas!

    Eu penso que alem de dar um teto, tem que dar uma coisa com uma boa aparencia pelo menos, pois creio que não sou só eu que me sinto mal em ver algo feio.

    Talvez quem leia ache que meu pensamento é superficial, mas não é, estudei muito sobre urbanismo, e alem de tudo sou formada em Design, sei o que digo.

    Obrigada.

    Curtir

    • Ola Nádia,concordo plenamente com vc !
      Estas habitacoes podem virar favelas verticais no futuro,se nao houver manutencao de condominios ,equipamentos.
      Fui visitar há meses atras ,convidado pelo site UOL,matéria eta neste Blog,os próprios moradores roubam as lâmpadas dos corredores,mangueiras de incêndio,torneiras e outros equipamentos.
      A região que envolve os bairros de Campo Belo,Brooklim,Itaim e parte do Jabaquara,hoje,nao podem mais ter habitacoes populares,pois o metro quadrado e muito caro para abrigar estes tipos de construcoes.
      Obrigado pelo comentário.
      Vagner Landi

      Curtir

    • Leidiany Batista disse:

      Fui desapropriada da favela beira rio a mais ou menos 5 anos e ate o momento estou no cheque aluguel.
      Nos seremos apropriados no residencial corruiras?
      Quando este residencial será entregue?

      Curtir

  33. Jefferson disse:

    Boa tarde Vagner!
    Por favor, gostaria de tirar a seguinte dúvida:

    Sou morador na Av. Muzambinho e sei exatamente onde o projeto irá desapropriar, porém não consigo informações de como esta o andamento da obra, qual a previsão de finalização da obra no bairro de Americanópolis?

    Como posso acompanhar isso e se essa obra corre algum risco de não ser concluída?

    Obrigado pela atenção e esse canal de ajuda é muito bacana, parabéns!

    Curtir

    • Olá Jefferson,o melhor lugar para voce tirar informações é no 17º andar do Edifício Martinelli na S.João com a S.Bento.Lá é a Emurb e vá no setor de informações sobre Operação Urbana Agua Espraiada e será atendido por um técnico e tire suas dúvidas e veja onde voce pode saber a respeito das obras ,quando vão ser retomadas.
      abs
      Vagner Landi

      Curtir

      • Pacheco disse:

        Jefferson, boa tarde!!!

        Qual altura da muzambinho o projeto irá desapropriar?
        Estou negociando um imóvel(n 192) e estou me sentindo inseguro.

        Pacheco

        Curtir

  34. Luiz Fernando disse:

    Ola
    Moro em um prédio que fica na esquina da Rua Itaguara com Avenida Barro Branco. Gostaria de saber se meu prédio esta no trajeto do prolongamento da avenida, não consegui nenhuma informação confiável sobre isso.

    Curtir

    • Olá,Luiz,
      Vá até a Secretaria de Habitação,desça no Metro S.Bento e dirija-se até o Predio Martineli que fica na Av.Sao João com a Rua S.Bento,17º andar na EMURB e peça uma orientação sobre a Operação Urbana Agua Espraiada e diga qual é o seu problema e eles vão irientá-la para onde você deverá ir .

      Curtir

  35. Dehiz disse:

    Sou moradora da Rua Iguaçu, bairro Brooklin(Campo Belo), há 41 anos. Minha casa pertence ao DER. É uma rua pequena onde já foi construído em predinho popular(que por sinal é maravilhoso), muitos ali ja foram indenizados pelo DER há mais de 30 anos, mas por não terem como ir para outro lugar ficaram morando no mesmo local, pais idosos, filhos, netos, bisnetos, ou seja mais duas gerações. O que acontecerá com essas pessoas? A Prefeitura ou metro irá desapropriar as casas dessa rua? O que será construido ali, uma vez que o metro não utilizou o espaço? Grata pela atenção.

    Curtir

    • Vá até a Secretaria de Habitação,desça no Metro S.Bento e dirija-se até o Predio Martineli que fica na Av.Sao João com a Rua S.Bento,17º andar na EMURB e peça uma orientação sobre a Operação Urbana Agua Espraiada e diga qual é o seu problema e eles vão irientá-la para onde você deverá ir .

      Curtir

  36. michele disse:

    ola meu nome e michele nao consigo informacoes melhores minha mae morava no jardim edithi ai ela nao pegou apto la aqui na estervao e eles nao da a respostas certa sobre a entrega tem como me passa um site ou informacoes melhores sobre isso.outra meu marido mora na favela buraco quente e td la ta compricado elem tem 18 anos ele teem direito de pegar a prosposta do dinheiro

    Curtir

    • Vá até a Secretaria de Habitação,desça no Metro S.Bento e dirija-se até o Predio Martineli que fica na Av.Sao João com a Rua S.Bento,17º andar na EMURB e peça uma orientação sobre a Operação Urbana Agua Espraiada e diga qual é o seu problema e eles vão irientá-la para onde você deverá ir .
      Seria bom pegar informação com o representante da sua comunidade.
      abs e boa sorte
      Vagner Landi

      Curtir

  37. Dehiz disse:

    Boa tarde!
    Gostaria de saber se as casas da rua iguaçu, no campo belo serão também desapropriadas.
    Grata

    Curtir

    • Olá DEHiz,
      Parece que todos os terrenos que pertencem ao DER,serão desapropriados,agora quanto a sua RUa nao tenho informacoes
      Abs
      VAgner

      Curtir

      • Dehiz disse:

        Quando se pergunta a uma pessoa que não tenha casa , qual o seu sonho, a resposta é iinfalível (ter uma casa própria). De uma certa forma, algumas pessoas de baixa renda realizam este sonho. O governo ao invéz de dar o peixe da a vara, o que torna o sonho além de satisfatório, vitorioso. Espero ganhar esta vara também, o resto deixa comigo, trabalho o pago pelo meu sonho. Legal.

        Curtir

  38. Erika disse:

    Olá Vagner, boa tarde!
    Tive minha casa assaltada, já virou rotina onde moro ser assaltada. Hj em dia saio na rua com 2 celulares 1 quebrado para os moradores das comunidades levarem e outro eu escondo para não ser levado. Já cansei de viver assim, essa obra está demorando muito para sair. O que a população que quer essa obra iniciada logo pode fazer para agilizar o processo?
    O problema é que só os moradores das comunidades que fazem protestos contra, a favor quase ninguém se manifesta. Precisamos dessas obras o mais rápido possivel e agora com o PT no governo estou com medo de isso demorar mais.
    Obrigada

    Curtir

    • Olá Erika,
      Tenho informaçoes que o Haddad vai colocar de imediato a aplicaçao desta obra logo no inicio de seu governo,por ser uma obra que vai beneficiar a todos,moradores locais e os invasores terao sua moradia dentro do plano da Operaçao Urbana.No projeto 19 favelas serao extintas da regiao e todo o entorno da avenida Roberto Marinho tera pistas alargadas para entradas e saidas das ruas dos bairros proximos e um cinturao verde até a entrada da Imigrantes.
      Vamos torcer para que de tudo certo.
      abs
      Vagner Landi

      Curtir

  39. tem algum projeto para a favela cidade de santos rua doutor mario de campos bairro americanopolis

    Curtir

    • Olá Silvana,
      Vá até a Secretaria de Habitação,desça no Metro S.Bento e dirija-se até o Predio Martineli que fica na Av.Sao João com a Rua S.Bento,17º andar na EMURB e peça uma orientação sobre a Operação Urbana Agua Espraiada
      ABS
      VAGNER LANDI

      Curtir

  40. josué alves disse:

    SOU MORADOR DO BAIRRO, E INFELIZMENTE NAO SUPORTO MAIS MORAR COM ESSA TAL
    DE COMUNIDADE, ELES NAO TEM O MINIMO DE RESPEITO COM OS MORADORES Q PAGAM
    IPTU E TEM SUAS MORADIAS REGULARES, NAO VEJO A HORA DELES SEREM EVACUADOS
    DAQUI, PQ QDO CHEGA NOS FINAIS DE SEMANAS NAO TEMOS O MINIMO DE SOSSEGO COM
    BRIGAS, SOM ALTO, GRITARIAS E FESTAS AO AR LIVRE, INFELIZMENTE NAO TEMOS MAIS FINAIS DE SEMANAS DIGNOS ONDE ESSAS ARRUAÇAS COMEÇAM NA SEXTA A NOITE , VARANDO A MADRUGADA ISSO INDO ATÉ DOMINGO A NOITE SEM INTERRUPÇAO, SINTO
    MAS NAO É PRECONCEITO E SIM REALIDADE, SÓ QUEM MORA AQUI SABE. ENTAO FORA ELES QUEREMOS VIVER COM UMA SOCIDADE DIGNA E Q TENHA RESPEITO PELO PROXIMO
    INFELIZMENTE ELES DESCONHECEM ESSES TERMOS.

    OBRIGADO SEM MAIS JOSUÉ.
    ,

    Curtir

    • Olá Josué,concordo plenamente com você e vamos esperar que o novo prefeito toque esta obra com a máxima urgência para acabar de vez com estas moradias palpérrimas que só desvalorizam o entorno desta região
      Também sou totalmente contra estas escolas de bandidos
      abs
      Vagner

      Curtir

    • claudia disse:

      Não julgue todos iguais
      vc fala que não é preconceito imagina se fosse
      o que é uma sociedade digna pra vc ? fazer de conta de os problemas não existem, que uma pessoa umilde não pode morar no mesmo bairro de uma pessoa rica, vc pode ter certeza que uma pessoa trabalhadora não vai ficar com som alto ate altas horas da madruga,

      Curtir

      • ariosvaldo alvis de je4sus disse:

        o que acho que uma comunidade como esta que e tao bagunsada nao e om lugar digino de enxestir

        Curtir

  41. José disse:

    Moro na Rua Camilo Carrera, próximo a rua Brasilina Fonseca e Rua Marapés, afinal esta rua será ou não desapropriada, no projeto de 2001 indica que sim em outros não, é uma grande dúvida, afinal será ou não desapropriada.
    Pode me ajudar????

    Curtir

  42. marcio felipe disse:

    sou morador na comunidade buraco quente , representantes da cdhu cadastrarão e colocarão 2 opção para os moradores uma moradia (conjunto habitacional) ou idenização .
    minha duvida porque a cdhu não mostrou o projeto do conjunto a data de entrega ,
    muita familhias foi comvocada pela cdhu a assinar um papel fala que a pessoa vai ter direito a moradia e um alcilio aluguel . (a pessoa recebe 400,00 reais por tempo indeterminado) fora que esse dinheiro não paga nada e ninguei que sair da rejião.

    Curtir

    • Olá Marcio Felipe,
      Não sou funcionário da prefeitura para dar informação correta para voce.
      Na minha opinião voces têm o direito de escolher com as duas opções,
      – Indenização ou a moradia futura garantida
      Então eu te dou uma dica que a moradia é tudo para uma família feliz,melhorar a Qualidade de Vida ,mesmo que esta moradia demore para ser entregue,mas será entregue com data pré-fixada e próximo de onde voce mora hoje.
      A região vai melhorar muito tanto para a classe menos favorecia como a mais favorecida e principalmente para São Paulo,pois esta região nobre da cidade não aceita mais estas moradias,então como está previsto na Operação Urbana 10% aplicados em moradia popular,não tem o que pensar meu amigo,comece a sonhar com seu novo apartamento e pense positivo para sua Melhor Qualidade de Vida,é a chance da sua vida e de todos aqueles que voce ama.
      Tenha paciência,pegue esta ajuda de custo e aguarde o momento de receber sua casa nova.
      abs
      Vagner Landi

      Curtir

    • André disse:

      Desculpa mas assim é melhor vocês irem para os apartamentos do CDHU pois serão legalizados e a valores acessíveis, pois aí onde você habita atualmente, se trata de uma invasão e a região é extremamente valorizada no momento, de forma que é uma disputa que além de vocês não terem nenhum direito, dificilmente será ganha.

      Curtir

      • Olá André,seu comentário foi muito bom.
        Sabe André,que o governo se esforça para dar habitação digna para esse pessoal de baixa renda que vivem em favelas e após os mesmos ganharem aptos do CDHU ou da própria prefeitura,eles fazem contratos de gaveta e vendem seu apto antes do prazo estipulado em lei e voltam para a favela.
        Abs
        Vagner

        Curtir

  43. Nilda Sousa disse:

    Boa tarde Vagner!
    Gostaria de mais informações referente o início dessas obras, se a prefeitura realmente vai atender essas famílias, se existe prazo? meu nome é Nilda.

    Curtir

    • Ola nilda,tudo bem,esta obra e para melhorar tanto a qualidade de vida dos menos favorécidos como sos contribuintes prprietarios dos imoveis ao entorno .mas o nosso atual prefeito esta para sair justamente no momento di inicio desta obra,mas para quem for o prefeito vai continuar as obras!

      Curtir

  44. Sandra disse:

    O projeto da rua estevao baiao ficou muito bom, minha duvida é que hoje ao passar na rua vi que ainda tem uma favela grande do lado do terreno onde será construído o projeto, essa favela vai ser removida?

    Curtir

Obrigado pela sua participação!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s