Plano Diretor de São Paulo – Câmara Municipal de São Paulo – Lei de Uso do Solo – Land Use Law in Sao Paulo – Master Plan

A Revisão da Lei de Uso e Ocupação do Solo já está pronta e entregue para apreciação do legislativo ( Câmara Municipal )

Está bem claro na Lei o novo zoneamento que desta vez está bem melhor para quem quer construir em pequenos terrenos , pois todos querem crescer no mesmo lugar ou comprando imóveis vizinhos e aumentando seu ponto comercial ou de outro uso.

rscn03141Opinião do Eng.Urb.Vagner Landi

Entenda um pouco sobre esta importante Lei que pode mudar o rumo, consertando um pouco do que foi destruído em nossa cidade pelas últimas administrações municipais ,em palavras mais simples e explicativas para que você entenda esta importante fase de aprovação para a nossa capital tão querida , mas muito destratada.

O engenheiro urbanista , especialista em aprovações de projetos e assessoria urbanística na cidade de São Paulo explica ;

brasc3a3o_da_cidade_de_sc3a3o_paulo-svg

As novas Zonas de Uso e Ocupação do Solo em SP ,em territórios específicos ;

favela-morumbi-sao-paulo

Pca da Republica

Os Territórios de Transformação:

Os objetivos destas áreas é a promoção dos adensamentos construtivos, diversificando atividades econômicas e serviços públicos, atividades múltiplas adequadas ao uso do solo com preservação paisagística do ambiente projetado próximo a transportes públicos , para evitar deslocamentos moradia / trabalho , que compreende as Zonas de Eixo com maior poder construtivo , que são ;

  1. a) Zona Eixo de Estruturação e Transformação Urbana (ZEU);
  2. b) Zona Eixo de Estruturação e Transformação Urbana ambiental (ZEUa);
  3. c) Zona Eixo de Estruturação e Transformação Urbana Previsto (ZEUP);
  4. d) Zona Eixo de Estruturação e Transformação Urbana Previsto ambiental (ZEUPa);
  5. e) Zona Eixo de Estruturação e Transformação Metropolitana (ZEM);
  6. f) Zona Eixo de Estruturação e Transformação Metropolitana Previsto (ZEMP);

Os Territórios de qualificação:

Os objetivos destas  áreas é a manutenção de usos não residenciais existentes, incentivo às atividades produtivas, diversificando com moderado adensamento populacional , compreendendo as Zonas ;

  1. a) Zona Centralidade (ZC);
  2. b) Zona Centralidade ambiental (ZCa);
  3. c) Zona Centralidade lindeira à ZEIS (ZC-ZEIS);
  4. d) Zona Corredor 1 (ZCOR-1);
  5. e) Zona Corredor 2 (ZCOR-2);
  6. f) Zona Corredor 3 (ZCOR-3);
  7. g) Zona Corredor ambiental (ZCORa);
  8. h) Zona Mista (ZM);
  9. i) Zona Mista ambiental (ZMa);
  10. j) Zona Mista de Interesse Social (ZMIS);
  11. k) Zona Mista de Interesse Social ambiental (ZMISa);
  12. l) Zona Especial de Interesse Social 1 (ZEIS-1);
  13. m) Zona Especial de Interesse Social 2 (ZEIS-2);
  14. n) Zona Especial de Interesse Social 3 (ZEIS-3);
  15. o) Zona Especial de Interesse Social 4 (ZEIS-4);
  16. p) Zona Especial de Interesse Social 5 (ZEIS-5);
  17. q) Zona de Desenvolvimento Econômico 1 (ZDE-1);
  18. r) Zona de Desenvolvimento Econômico 2 (ZDE-2);
  19. s) Zona Predominantemente Industrial 1 (ZPI-1);
  20. t) Zona Predominantemente Industrial 2 (ZPI-2);
  21. u) Zona de Ocupação Especial (ZOE);

images (3)

Os Territórios de Preservação:

Os objetivos destas áreas é a preservação de bairros consolidados de baixa e média densidades, conjuntos urbanos específicos com atividades econômicas sustentáveis com  preservação ambiental e cultural, compreendendo as Zonas ;

  1. a) Zona Predominantemente Residencial (ZPR);
  2. b) Zona Exclusivamente Residencial 1 (ZER-1);
  3. c) Zona Exclusivamente Residencial 2 (ZER-2);
  4. d) Zona Exclusivamente Residencial ambiental (ZERa);
  5. e) Zona de Preservação e Desenvolvimento Sustentável (ZPDS);
  6. f) Zona de Preservação e Desenvolvimento Sustentável da zona rural (ZPDSr);
  7. g) Zona Especial de Preservação Ambiental (ZEPAM);
  8. h) Zona Especial de Preservação (ZEP);
  9. i) Zona Especial de Preservação Cultural (ZEPEC).

A Tabela Oficial da PMSP , para as novas Taxas Construtivas em nossa capital ;

tabela zoneamento

Notamos detalhes importantes em certas Zonas de Uso , no T.O. = 85 % em lotes até 500 m2 e até 70 % acima de 500 m2 e Coeficientes de Aproveitamento C.A. de 1 a 4 vezes , mas tomando o sério cuidado com o pagamento da Outorga Onerosa , com suas alturas e cotas determinadas para cada Zona específica.

O cálculo da Outorga Onerosa ( O.O.), pode ser visto em post anterior ( LINK abaixo ) no Blog do Urbanista , que varia muito em regiões nobres e regiões periféricas , que terão fiscalização acirrada ,pois quem quiser construir além do básico até o máximo permitido pagará a P.M.S.P um valor salgado de O.O.

links para consulta abaixo ;

https://engvagnerlandi.com/2014/10/17/outorga-onerosa-na-nova-lei-do-plano-diretor-lei-16-0502014/

Matéria na Folha de São Paulo com o eng.urb.Vagner Landi

Folha Logon

https://engvagnerlandi.com/2015/06/02/plano-diretor-2015-revisao-da-lei-de-uso-e-ocupacao-do-solo-de-sao-paulo-%E3%82%B5%E3%83%B3%E3%83%91%E3%82%A6%E3%83%AD%E3%81%AE%E3%83%9E%E3%82%B9%E3%82%BF%E3%83%BC%E3%83%97%E3%83%A9/

Deixe seu comentário ou sugestões que o mesmo será publicado e respondido pelo urbanista,

Obrigado !!!

Sobre engvagnerlandi

Engenheiro Civil , formado Pela Faculdade de Engenharia São Paulo na capital paulistana , Especialista em Uso e Ocupação do Solo , Plano Diretor e Aprovações de Projetos e Licenciamentos na Grande São Paulo. Tem o Urbanismo como convicção , sempre defendendo uma Melhor Qualidade de Vida para os bairros de SAMPA
Esse post foi publicado em POLITICA URBANA, REVITALIZAÇÃO URBANA, Uncategorized e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

3 respostas para Plano Diretor de São Paulo – Câmara Municipal de São Paulo – Lei de Uso do Solo – Land Use Law in Sao Paulo – Master Plan

  1. Francisca disse:

    boa tarde, Eng. Vagner.
    Como se calcula TO, coeficiente de aproveitamento? a área não computável interfere sesses cálculos?

    Curtir

    • CO = Área construída da maior projeção dividido pela área do terreno
      CA = Área construída total computável dividido pela área do terreno
      obs: Áreas não computáveis , são áreas cobertas de estacionamento , caixa d’água e outros equipamentos
      Qquer dúvida ligue para nós.
      tel 11- 20922922
      abs
      Vagner

      Curtir

  2. Pingback: Plano Diretor de São Paulo – Câmara Municipal – Calendário de Audiências Públicas – Lei de Uso e Ocupação do Solo | Eng. Urbanista Vagner Landi

Obrigado pela sua participação!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s