vc repórter-Lago do Ibirapuera-Peixes morrem por frio no Ibirapuera, diz prefeitura de SP

 logo terra

O eng.Urbanista Vagner Landi,caminhando domingo de manhã (04/08/2013)no parque do Ibirapuera presenciou vários peixes mortos,nas águas turvas do lago do Ibirapuera,fotografou e enviou para o Portal do Terra,sua matéria alertando que este problema existe há tempo,pois é notório que a água não tem oxigenação e também,ainda deve existir vazamento de tubulações de esgoto clandestinas direcionadas que deveriam ser investigadas pela prefeitura e Cetesb.

Há sinais que o problema vem se agravando e a prefeitura através da Secretaria do Verde e do Meio Ambiente deu resposta ao Terra que o problema é do frio….pasmem senhores,estava um dia lindo e ensolarado!!!

O prefeito Haddad deveria dar mais atenção a este fato que está a olho nu para todos os paulistanos e turistas que curtem o parque no dia a dia.

Los Cabos  Allure e Miami 042Vagner Landi – Membro Colaborador do 

Logo Greenpeace
07 de Agosto de 2013•21h51 • atualizado às 23h22

(vc repórter): peixes morrem por frio no Ibirapuera, diz prefeitura de SP

Lago Ibirap 2

Mortes de peixes, frequentes no parque, não são causadas por falta de oxigênio ou poluição, garante Secretaria do Verde e do Meio AmbienteFoto: Vagner Landi / vc repórter

logo notiias terraQuem passeia pelo Parque do Ibirapuera com alguma frequência certamente já viu peixes mortos na superfície do lago que ocupa parte do espaço destinado ao lazer na zona sul de São Paulo. No último domingo, por exemplo, era possível ver animais boiando em suas águas.

Lago Ibirapuera 1

Questionada sobre o assunto, a Secretaria do Verde e do Meio Ambiente negou que as causas das mortes sejam a poluição das águas ou a falta de oxigenação própria à vida aquática. O motivo, segundo o órgão da prefeitura é, muitas vezes, o frio.

A secretaria informou que “a vida aquática no lago é monitorada diariamente e nas épocas de temperaturas mais baixas, a morte em cadeia pode ocorrer com maior frequência”.

O lago do Parque Ibirapuera abriga principalmente carpas e tilápias, além de aves como biguás, garças, marrecos, gansos e urubus. Para manter o equilíbrio no ecossistema, “diariamente a Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) realiza a coleta de flutuantes e monitora oxigenação e o PH da água, na estação de tratamento. Além disso, com o movimento das águas pela Fonte Multimídia, é produzida a oxigenação necessária para a sobrevivência dos peixes”, expica o órgão.

O internauta Vagner Landi, de São Paulo (SP), participou do vc repórter, canal de jornalismo participativo do Terra.

http://noticias.terra.com.br/brasil/cidades/vc-reporter-peixes-morrem-por-frio-no-ibirapuera-diz-prefeitura-de-sp,968fd0fef1b50410VgnVCM4000009bcceb0aRCRD.html

Deixe seu comentário que o mesmo será publicado e respondido pelo urbanista,

Sobre engvagnerlandi

Engenheiro Civil , formado Pela Faculdade de Engenharia São Paulo na capital paulistana , Especialista em Uso e Ocupação do Solo , Plano Diretor e Aprovações de Projetos e Licenciamentos na Grande São Paulo. Tem o Urbanismo como convicção , sempre defendendo uma Melhor Qualidade de Vida para os bairros de SAMPA
Esse post foi publicado em POLITICA URBANA, Uncategorized e marcado , , , . Guardar link permanente.

Obrigado pela sua participação!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s