TATUAPÉ – Trânsito sem projetos pela CET ,não acompanham progresso do bairro

Matéria publicada no maior jornal de bairros da capital paulistana com os engenheiros Vagner Landi e Roberto Watanabe em abril de 2012

Vagner Landi

e

Roberto Watanabe,especialistas em Política Urbana e problemas na cidade de São Paulo 

CET   revela que mão única gera riscos
Há alguns meses, um dos funcionários   da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), Edson Veloso, falou sobre as   tendências do trânsito no bairro do Tatuapé, durante uma das reuniões do   Conselho Comunitário de Segurança. Segundo ele, por se tratar de um local   extremamente adensado e com a perspectiva de ter um número cada vez maior de   automóveis em circulação, tudo leva a crer que o Tatuapé passará a adotar o   sistema binário, no qual algumas ruas de duas mãos passam a ter mão única de   direção.TRANSTORNOS

Atualmente, o bairro possui diversas ruas com tráfego nos dois   sentidos, o que vem causando grandes transtornos aos motoristas que   necessitam se locomover nos horários de pico. Com o aumento da quantidade de   moradores e, conseqüentemente, do número de carros nas vias, o Tatuapé vive a   expectativa de enfrentar congestionamentos em quase todos os períodos do dia.   Para o urbanista Vagner Landi, a adoção deste sistema já deveria ter sido   concretizada há muito tempo. “Caso isso fosse feito, hoje estaríamos   acostumados ao novo modelo e menos estressados”, ressalta.

ENGENHEIRO

O engenheiro Roberto Watanabe[ex-subprefeito de Itaquera – gestão Marta Suplicy), afirma que mesmo vivendo em 2012, os   motoristas transitam pelo bairro em ruas construídas para receber o tráfego existente   nas décadas de 1960 e 1970. “Quarenta anos depois, vivenciamos medidas   paliativas que não suprem o crescimento da região”, avalia. Watanabe disse,   também, que a CET pode somente correr atrás do prejuízo, depois do estrago   ter sido consumado. “Desta forma a empresa permanece demonstrando falta de   preparo e de planejamento para absorver o impacto gerado pelo crescimento   imobiliário”, diagnostica.

MÃO DUPLA

As ruas Francisco Marengo, Monte Serrat e Cantagalo, por exemplo, que   ainda resistem ao tráfego em mão dupla, são as campeãs em congestionamento em   determinados horários. Suas características, de acolher tanto imóveis   residenciais como comerciais, são responsáveis por uma circulação ainda maior   de veículos. Além de levarem os filhos às escolas, pais ainda se utilizam dos   diversos serviços oferecidos nestes endereços. “Quando todos os novos   condomínios estiverem ocupados no Tatuapé, como a CET pretenderá estruturar o   trânsito para tornar o trânsito do bairro mais amigo?”, pergunta o urbanista.

O OUTRO LADO

De acordo com o departamento de comunicação da CET, diante da   afirmação de seu funcionário e dos questionamentos técnicos, houve a   constatação de que o quadrilátero formado pelas ruas Serra do Japi, Melo   Freire, Antonio de Barros e Emilia Marengo, está em constante processo de   verticalização residencial, ocasionando dificuldades na acessibilidade e   circulação interna pelo bairro, principalmente nos horários de maior   movimento.

A assessoria revelou que, como forma de minimizar estes problemas de   trânsito, a empresa vem implantando sentido único em algumas ruas, como a   Itapura, Serra do Japi e Apucarana. Além disso, outras sinalizações   (semáforos, redutores de velocidade, faixas de travessia de pedestres e   minirrotatórias), também vêm sendo implantadas, visando melhorar as condições   de segurança e fluidez na região.

CRESCIMENTO DO   BAIRRO

Face ao dinamismo de crescimento do bairro, com a instalação de novos   centros comerciais e de serviços, que criam novas rotas de tráfego, a CET   informou, ainda, que periodicamente avalia o nível de saturação das vias,   determinando a necessidade de regulamentar o sentido único em algumas delas.   No entanto, conforme a assessoria, este artifício implica no aumento de   velocidade dos veículos, com consequente influência na segurança, além de   acarretar problemas de acessibilidade para toda a região, visto que a   circulação existente já está consolidada. Desta forma, os fatores de   segurança, fluidez e acessibilidade são considerados buscando o equilíbrio   entre os interesses dos usuários.

A CET ressalta que faz avaliações periódicas de fluxo de pedestres e   de motoristas nas vias da cidade para definir a implantação de sinalização.   São considerados critérios como geometria da via, o volume veicular, pólos   geradores de travessia de pedestres e histórico de acidentes no local.

Sérgio Murilo   Mendes

(Edição de 15 a 21   de abril de 2012)

 

Landi e Watanabe,já criticam a anos os problemas de transito no bairro do Tatuapé na Zona Leste,hoje está cotado entre os três mais valorizados  em novos empreendimentos da capital paulistana,seguido da Vila Nova Conceição e Campo Belo na Zona Sul de São Paulo.

Não podemos mais suportar a brincadeira de estátua que o CET e seus engenheiros de transito fazem com o Tatuapé.Ruas de mão dupla não suportam mais ônibus e carros estacionados dos dois lados das vias.

O sistema viário em razão ao crescimento do bairro é arcaico e necessita de mudança urgente tanto na direção única das vias como na sincronização dos semáforos e horários de carga e descarga com fiscalização efetiva aos horários.

Escolas com setorização de parada de carros nos horários de entrada e saída de alunos,estacionamentos em apenas um dos lados das vias em horários determinados e facilitação para criação de novos estacionamentos e criação de novos pontos de Zona Azul,são soluções para o eixo do quadrilátero entre o Complexo Pe Adelino,Rua Apucarana,Azevedo Soares,Avenida Salim Farah Maluf,parte alta do bairro.

Avenida Salim Farah Maluf,Av.Celso Garcia,Rua Antonio de Barros,Rua dos Cristais,parte baixa do bairro,devem ter projetos em breve para conter a paralisação do trânsito adiante.

Veja abaixo uma das matérias a anos atrás com os especialistas na Gazeta da Zona Leste e Gazeta do Tatuapé.

https://engvagnerlandi.wordpress.com/2010/09/11/tatuape-342-anos-obras-tentar-amenizar-transito/

Deixe seu comentário abaixo,que o mesmo será publicado.

Clicar em deixe seu comentário,

Obrigado !

 

 

 

Sobre engvagnerlandi

Engenheiro Civil , formado Pela Faculdade de Engenharia São Paulo na capital paulistana , Especialista em Uso e Ocupação do Solo , Plano Diretor e Aprovações de Projetos e Licenciamentos na Grande São Paulo. Tem o Urbanismo como convicção , sempre defendendo uma Melhor Qualidade de Vida para os bairros de SAMPA
Esse post foi publicado em POLITICA URBANA, Uncategorized e marcado , , . Guardar link permanente.

2 respostas para TATUAPÉ – Trânsito sem projetos pela CET ,não acompanham progresso do bairro

  1. Mari Labbate disse:

    Querido Engenheiro Vagner Landi: continuo adorando a sua luta pela Libertação de São Paulo, que além das bênçãos de Nossa Senhora Aparecida, conta com as Energias SEMPRE renovadas de Santa Paulina: a primeira santa do Sul do território nacional. Pesquise a sua vida e descobrirá que é também imigrante italiana, e honrou a nossa Primeira-Terra, a Itália, auxiliando a Humanidade como nós dois, no Amor-Eterno de Gesù Cristo. Que as luzes azuis do nosso Mar Adriático e das velas que você carrega, tão magnificamente, iluminem os nossos caminhos, em SAN PAOLO, com o fratello calabrese José Serra. FORZA, pois chegaremos lá! Amen! Abbraccio…

    Curtir

    • Mari,agradeço de coração suas palavras e estamos na luta para a Melhor Qualidade de Vida em nossa cidade.
      Mesmo que o Serra não ganhe ,vamos lutar para que o novo prefeito cuide melhor da nossa cidade e retribua oa altoa impostos que pagamos
      em prol de uma cidade mais humana e educação para o povo menos esclarecido que tanto conturba nossa cidade.
      Defendo moradia para todos ,mas fora do mini anél viário.
      Defendo um cinturão dentro do anél viário onde os impostos IPTU,são altíssimos e não podemos admitir moradias populares e/ou favelas
      que sabemos que são escolas de bandidos,infelismente!
      Obrigado por citar Nossa Senhora Aparecida,pois não vivo sem ela,jamais.Sempre defendo o ser humano em ter fé,não basta qual religião,mas a fé
      verdadeira é o princípio para uma vida melhor,paz de espirito,energia pisitiva e o respeito pela família.
      Estou planejando uma viagem para Itália em julho do ano que vem com minha filha e minha mulher ,quero fazer 21 dias de carro e conhecerChieti,Pescara,Calabria,
      de onde vieram meus nonos,parte de mãe e pai e curtir aterra da origem do meu sangue e vou precisar de algumas dicas de você.
      bjs
      Vagner Landi

      Curtir

Obrigado pela sua participação!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s