Córrego dos Freitas – Entrevista com o Eng.Urbanista no Jornal do SBT Manhã

Passam-se anos e anos e a população da Zona Sul de São Paulo,região do Jardim Germânia, Capão Redondo, zona sul da capital,sofre na época das chuvas com o transbordamento do Córrego dos Freitas.

Estive,hoje,como convidado do SBT,entrevistado pela repórter Patricia Rocha,ao vivo,no programa SBT Manhã,pude opinar sobre a situação dos dez mil moradores do entorno deste córrego,que é discutido e divisor entre duas Subprefeituras- do Campo Limpo e do M’Boi Mirim,que dividem responsabilidades,pois uma cuida de uma margem e a outra cuida da outra….dá pra acreditar numa coisa dessas !!!

A obra começou apenas numa margem do córrego e a outra não,pois pertence a outra subprefeitura.Se tivéssemos falando de divisas entre municípios haveria razão,mas estamos falando de subprefeituras,que têm que limpar periódicamente as margens,oque não está acontecendo e a população sofrendo há anos.

Não estamos aqui fazendo apologias políticas,mas estamos,sim,comentando o óbvio,só indo ao local para ver o amadorismo com o qual a Secretaria de Infra-Estrutura Urbana e Obras e Subprefeituras estão tratando do local.

Hoje na atual administração pública gerada pela Prefeitura da  Cidade de São Paulo,os subprefeitos não têm autoridade e nem poder de decisões,podem ter boa vontade,mas não podem fazer nada,sem verbas para estas obras importantes para a população local,pois estamos falando em saneamento básico,malhor qualidade de vida tão defendida em nosso Blog.

Os subprefeitos são hoje simples administradores regionais e se continuar assim,voltaremos com Administrações Regionais e não Subprefeituras,muita coisa tem que mudar para a nova administração a partir de 2013.

Na cidade de São Paulo, não podemos mais admitir córregos a céu aberto,pois pagamos valores de IPTU’S altíssimos,considerados um dos mais caros do mundo,fora outras tributações no âmbito Estadual e Federal.

Obras faraônicas preocupadas apenas com a fluidez do trânsito levam verbas astronômicas dos cofres públicos e o Saneamento Básico/Saúde,vai ficando no sofrimento nos ombros da população carente,qual faz seus filhos crescerem numa baixa qualidade de vida,sem falar na péssima educação e nem mesmo na saúde pública.

Veja depoimento ao Jornal da Tarde do confeiteiro Lélio Pereira da Silva e do mestre de obras João Batista Rodrigues da Silva:

Os moradores negam.”Sempre que chove a rua alaga e perdemos tudo. Faz 20 anos que isso acontece. Passou Maluf, Erundina, Pitta, Marta, Kassab, e ninguém resolve”, disse o confeiteiro Lélio Pereira da Silva, 40 anos, enumerando no dedo as gestões municipais.

Os moradores querem a canalização do Córrego dos Freitas, cujo projeto, feito em 2007 pela Drenatec Engenharia, por R$ 247 mil, ainda não saiu do papel. Na noite de terça-feira, decidiram atear fogo no lixo e pneus acumulados, em protesto.

 Jogo de empurra

Segundo o mestre de obras João Batista Rodrigues da Silva, 44 anos, o bairro é prejudicado por um jogo de empurra entre as subprefeituras do Campo Limpo e do M’boi Mirim. O córrego fica na divisa entre as duas e, segundo ele, ninguém assume a responsabilidade pela limpeza das margens. “Enquanto eles brigam, a gente continua sofrendo”, disse. De acordo com João Batista, as enxurradas trazem muito lixo, que lota a rua e a entrada das casas. “Depois das enchentes a Prefeitura vem, dá um colchão e uma cesta básica. Mas na próxima chuva a gente perde tudo de novo”, disse.

Abaixo veja o Link da reportagem de hoje do SBT com a repórter Patricia Rocha, copie-o na barra de ferramentas,

http://www.sbt.com.br/jornalismo/noticias/?c=15304&t=SP: 

Veja outra matéria deste Blog do SBT com o eng.Urbanista,abaixo:

https://engvagnerlandi.wordpress.com/tag/patricia-rocha-sbt/

 

Sobre engvagnerlandi

Engenheiro Civil , formado Pela Faculdade de Engenharia São Paulo na capital paulistana , Especialista em Uso e Ocupação do Solo , Plano Diretor e Aprovações de Projetos e Licenciamentos na Grande São Paulo. Tem o Urbanismo como convicção , sempre defendendo uma Melhor Qualidade de Vida para os bairros de SAMPA
Esse post foi publicado em POLITICA URBANA, Uncategorized e marcado , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Córrego dos Freitas – Entrevista com o Eng.Urbanista no Jornal do SBT Manhã

  1. Pingback: São Paulo – A Cidade mais Perigosa das Américas – The Most Dangerous City in the Americas – サンパウロ – アメリカで最も危険な都市 | Eng. Urbanista Vagner Landi

Obrigado pela sua participação!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s