ÍNDICE DE ÁREAS VERDES POR HABITANTES NAS CIDADES

Buenos Aires é a cidade com melhor qualidade de vida na América Latina

As cidades brasileiras estão mais atrás no ranking. São Paulo está na 117ª posição, depois de Rio de Janeiro (116ª) e Brasília (104ª) e quem lidera este ranking é VIENA ,segundo a empresa de consultoria Mercer.

Na América do Sul Buenos Aires e Montevidéu são as cidades com a melhor qualidade de vida

A capital austríaca é a melhor cidade do mundo para se viver, segundo a classificação dessa consultoria privada, com 19,80 m2/Hab,seguida pelas cidades suíças de Zurique 10,30m2/Hab,Genebra, Vancouver (Canadá) e Auckland (Nova Zelândia).

A Melhor Qualidade de Vida é o que mais defendo em meu Blog e graças a esta linha de conduta, o acesso diário deste Blog é acima da média.Revitalização Urbana é o principal fator para que as cidades recuperem a alta estima de seus moradores, com melhor acessibilidade, mais áreas verdes por metro quadrado por habitante, a saúde pública é o principal fator em que a escala de cidades brasileiras caem perante as demais no mundo.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda 12 m2 de área verde por habitante.

Goiânia possui 94 m² de áreas verdes por habitante, o primeiro lugar no ranking desse tipo de comparativo.

A campeã mundial, a cidade de Edmonton, no Canadá, 100 m²de área verde por habitante.As brasileiras Vitória no Espirito Santo e Curitiba seguem atráz.

palacio-vitoria

Vitória possui 91 m2 de área verde por habitante, uma das cidades mais verdes do Brasil, 

A cidade tem ainda belos manguezais, parques, praças e jardins,distribuídos em recantos de lazer e áreas de preservação ambiental como ecossistemas que abrigam centenas de espécies de flora e fauna.

DSCN0075

                                          Curitiba,capital do Paraná                                 

 

O índice de área verde em Curitiba, que já era bom em 51,5 metros quadrados por habitante, ficou ainda melhor. O novo mapa de maciços florestais, feito pela Secretaria Municipal do Meio Ambiente, mostra que o índice é 64,5 metros quadrados por pessoa. Isso porque o índice de área verde aumentou e também os métodos de medição melhoraram em relação a 2000, ano do último levantamento feito por fotografia aérea.

Dados atualizados em 2012 com resolução espacial que permite diferenciar com clareza as áreas de grama dos maciços arbóreos, por exemplo

Cidade pioneira na implantação da coletiva seletiva de lixo no País, Curitiba hoje separa 13% de seu lixo e ocupa também o primeiro lugar entre as quatro cidades brasileiras que já separam o lixo reciclável biodegradável (lata, vidro, metal, plástico, papel), seguida de Porto Alegre (5%), Florianópolis (4%) e São Paulo (a maior cidade brasileira separa apenas 1% do que recolhe).

3177_recife_bairro_boa_viagem

Recife é a pior com apenas 0,70 m2/Hab

Na comparação entre duas grandes metrópoles:

av_roberto_marinho

-São Paulo com 11 milhões de habitantes e 5,2 m2/Hab

a5      New York com 8 milhões de habitantes e 23,10 m2/Hab

Mais verde para São Paulo,meta do Plano Diretor e da Prefeitura de São Paulo

Pelas metas do Plano Diretor, a prefeitura planeja uma ampliação das áreas verdes equivalentes a 33 parques Ibirapuera,onde o custo total da proposta,não pode ser estimado pois estudos para nossa cidade apontam para muitas áreas a serem desapropriadas,causando impacto social,mas vamos chegar lá !

Desapropriação para criação de parques na capital-SP

De acordo com a Secretaria Municipal do Verde, afirmou a geóloga Patrícia Seppi, do setor de planejamento ambiental da Secretaria do Verde que para ampliar a criação de parques, praças e canteiros serão usadas áreas municipais e também particulares, que deverão ser desapropriadas.
“Estamos estudando 185 áreas privadas, com um universo variado de tamanhos, que podem ser desapropriadas”
De acordo com a geóloga, devem ser implantados 50 novos parques na cidade de São Paulo até 2012, quando acaba a gestão do prefeito Gilberto Kassab.
A secretaria informou que a verba virá do orçamento da pasta (R$ 197 milhões), do Fema (Fundo Especial de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, de R$ 93,6 milhões) e do Fundurb (Fundo de Desenvolvimento Urbano, de R$ 52 milhões) Este último a ser totalmente aplicado na implantação de parques lineares,como já entrará em vigor as obras do Parque Linear, desde o início da Av.Roberto Marinho até a Rodovia dos Imigrantes(integrante do projeto apresentado e aprovado pelo executivo paulistano na Operação Urbana Água Espraiada),ajudando assim a aumentar o índice de metro quadrado de habitante por metro quadrado.
Outras fontes de recursos serão as parcerias e contrapartidas pagas por terceiros.
A construção do Rodoanel, por exemplo, prevê como compensação ambiental a criação de áreas verdes pagas pela Dersa (Empresa de Desenvolvimento Rodoviário).
Já a Sabesp deve firmar um convênio para adquirir áreas no entorno das represas Billings e Guarapiranga para preservá-las. Outorgas onerosas, que são permissões para construir além do permitido mediante o pagamento de determinada quantia, também devem alimentar o programa,que são os Certificados de Potencial Construtivo-CEPAC’S)
A pasta conta ainda com a verba proveniente de parcerias firmadas com a Emurb (Empresa Municipal de Urbanização) e com as subprefeituras.
De acordo com a secretaria, serão 50 milhões de metros quadrados de áreas protegidas ao final da gestão, em 2012.

Vamos aguardar para um dia esta cidade estar entre as 10 melhores do mundo,mas basta dar mais educação para o povo em não jogar lixo nos córregos a céu aberto,lixo nas calçadas ,cuidar mais das nossas árvores.

Deixe seu comentário em “Deixar um Comentário”,logo abaixo que aprovaremos após análise para publicá-lo.

Sobre engvagnerlandi

Engenheiro Civil , formado Pela Faculdade de Engenharia São Paulo na capital paulistana , Especialista em Uso e Ocupação do Solo , Plano Diretor e Aprovações de Projetos e Licenciamentos na Grande São Paulo. Tem o Urbanismo como convicção , sempre defendendo uma Melhor Qualidade de Vida para os bairros de SAMPA
Esse post foi publicado em POLITICA URBANA, Uncategorized e marcado , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

34 respostas para ÍNDICE DE ÁREAS VERDES POR HABITANTES NAS CIDADES

  1. Marcelo Morgado disse:

    Prezado Vagner, consultei alguns especialistas que me disseram que apesar de amplamente difundido o patamar mínimo ideal de 12 m²/hab. de áreas verdes (sistema viário + praças e parques urbanos + ?) não seria oficial da OMS/ONU. Desconfio porém tenham bancado algum estudo s/ o tema se torna as conclusões uma orientação. Soube inclusive que até se consultou-os a respeito e disseram não haviam estabelecido tal meta. Recentemente soube se teria revisado p/ algo mais ambicioso: 36 m²/hab. o que equivale a área de copa de 3 árvores adultas típicas. Pesquisei no sítio OMS e WHO e tb pela internet em inglês c/ variações em torno do tema e nada de concreto. Agradeço sua ajuda no tema e se posível a fonte p/ 2 m²/hab. e 36 m²/ab.
    SDS, grato,

    Curtir

  2. Manoel Xavier de Almeida disse:

    Bom dia!
    Gostaria de obter os índices do Brasil e de todas as capitais, inclusive do Distrito Federal, para um trabalho junto a câmara de Vereadores de Aracaju.
    Se possível indique o site aonde posso obter essa informação..

    Curtir

  3. Pingback: Áreas Verdes e Drenantes em São Paulo diminuem índice de m2/habitantes | Engº Vagner Landi – Blog Urban Policy and Quality of Life

  4. Maria de Lourdes disse:

    Preciso saber áreas verdes por habitante nas capitais brasileiras.

    Curtir

  5. Bruno Ramalho Furlan disse:

    Boa tarde, eu não consigo achar este relatório, eu preciso deste para realizar uma pesquisa, aonde posso encontrá-lo

    Curtir

  6. Nilton disse:

    Boa noite Vagner,
    Parabéns pela iniciativa. Gostaria de saber se tem fontes de informação, publicações com informações de diferentes municípios. Por exemplo: Região Metropolitana de Joinville.

    Curtir

  7. regina nobre disse:

    Caro Vagner Landi, gostaria de saber como foi realizado este calculo, e o que foi considerado como area verde, pois gostaria de usar estes comparativos em uma pesquisa.
    att
    Regina Nobre

    Curtir

    • Oi Regina,estou agora e Split na Croácia,estes levantamentos são pesquisas realizadas por empresas especializadas no assunto reconhecidas internacionalmente,navegue pela Internet com paciência que encontrará tudo para o seu trabalho,abs vagner

      Curtir

  8. Bárbara Schneider disse:

    Muito interessante o texto! Moro em Caxias do Sul, RS, e gostaria de saber (se for possível), oas índices de Caxias do Sul, Carlos Barbosa, Flores da Cunha e São Marcos.
    Tratam-se de cidades pequenas (exceto Caxias), mas gostaria de saber como é o comportamento nessas cidades que ainda não foram densificadas, para que os planos diretores possam ser melhor configurados.

    Obrigada,
    Bárbara

    Curtir

    • Olá Barbara, tudo bem, estas matérias de Qualidade de Vida são baseadas em informações da empresa Mercer Iternacional.
      A lista do índice de Qualidade de Vida elaborada pela Mercer abrange 221 cidades, classificadas em comparação à Nova Iorque como base.
      A classificação identifica separadamente as cidades com a melhor infraestrutura considerando serviços de fornecimento de energia elétrica, disponibilidade de água, telefonia e serviço postal, transporte público, congestionamento do trânsito e a diversidade de vôos internacionais oferecida pelos aeroportos locais.
      Fatores como estabilidade interna, eficácia no cumprimento de leis, níveis de criminalidade e instalações médicas são importantes ..
      eNTÃO ESTAS CIDADES AÍ DO sUL SEM DÚVIDA NENHUMA SÃO ÓTIMAS, mas não se encaixam ,inclusive Caxias dentre as maiores do mundo.
      Quanto ao Plano Diretor cabe aos prefeitos contratarem empresas especializadas para elaborar um Plano Diretor para ser levado a aprovação pelo legislativo local.
      Obrigado pelo comentario
      vAGNER Landi
      Obrigado pelo comentario

      Curtir

  9. Pingback: Qualidade de Vida em São Paulo – Brasil – Quality of Life in Sao Paulo – Brazil – | Eng. Urbanista Vagner Landi

  10. Thomas disse:

    Olá. Também gostaria de saber onde posso obter dados dos indices de áreas verde para outros municípios. obrigado

    Curtir

    • Olá,os índices são para cidades de grande porte os dados pela empresa de Consultoria Mercer,mundialmente conhecida e confiável,mas para ter dados de municípios entre em contato com a prefeitura local.
      abs
      Vagner

      Curtir

  11. Paulo Preto disse:

    Francamente, opor-se a criação de parques e áreas verdes é uma temeridade, ou mais que isso, profunda irresponsabilidade. Digo isso em relação ao parque que surgirá na região da avenida Roberto Marinho. Porém, vale lembrar que a gestão Kassab esta contribuindo negativamente para a queda da qualidade de vida em nossa querida São Paulo por diversos outro motivos. 756 milhões de reais foram arrecadados (só para as operação Água Espraiada) com os famigerados CEPACs que possibilitam passar por cima do Plano Diretor. Sem falar na região da nova Faria Lima e exploração do potencial econômico pela especulaçaõ imobiliária. Kassab permite também a verticalização desenfreada em diversos bairros da capital, fazendo aumentar brutalmente o fluxo de automóveis em diversas regiões. A operação Nova Luz é um desastre total, ao não considerar o comércio existente na região e nem dar solução às moradias de baixa renda. Podia ficar aqui citando muitos equívocos dessa gestão alinhada com as construtoras, mas prefiro analisar a questão sob o seguinte aspecto: qual o legado social dessa prefeitura no que tange a preocupação com o verde?

    Curtir

  12. rosemari malinowski disse:

    como vai Vagner Landi?
    fiquei muito interessada nos dados do seu artigo-Índices de áreas verdes por habitantes nas cidades,postado em 06.08.11.
    Solicito os critérios e as referências utilizadas.
    Registro que atualmente Curitiba apresebat 64,5m² por habitantes como segue no:
    http://www.curitiba.pr.gov.br
    meio ambiente
    agradecida!

    Curtir

    • Olá Rosemari,pra começar….ADORO CURITIBA,pra mim a melhor do Brasil.
      Os índicem que coloco em meu Blog são instruidos pela empresa conhecida internacionalmente “Empresa de Consultoria Mercer”,e os dados apresentados por ela,são de 55,o9 m2/hab enquanto que o proprio site http://www.curitiba.pr.gov.br/conteudo/meio-ambiente-de-curitiba/182 ,que informa –
      Curitiba tem um dos melhores índices de áreas verdes do País: 52 metros quadrados por habitante, totalizando aproximadamente 82 milhões de m². Ao percorrer as trilhas e atrações das áreas verdes da cidade, é possível imaginar a importância, para a população, dos cuidados com o meio ambiente. Os 30 parques e bosques são o resultado mais visível de uma série de medidas públicas tomadas ao longo do tempo. Algumas se revestem de especial significado.
      A Mercer dá 55,o9 m2/hab a mais do que o proprio site da prefeitura de Curitiba.
      abs
      Vagner Landi.e obrigado pelo comentário.

      Curtir

  13. Ubirajara Paa disse:

    Baseado em que dados Recife apresenta a pior colocação (0,70m/hab)? Gostaria, se possível enviasse os critérios adotados.

    Curtir

    • Caro amigo,Ubirajara
      Recife carece de parques verdes. Há poucos deles distribuídos pela extensão do município. A relação metro quadrado de área verde por habitante é calculada por levantamentos anuais de quanto Recife perde por ano de verde, e sua população ainda vai se preocupar esperamos um dia, quem sabe!
      Damos um exemplo do Jardim Botânico e o Parque da Jaqueira, os maiores de todo o Recife, possuem respectivamente apenas 25 e 7 hectares, muito pequenos comparados a lugares como o Parque Ibirapuera, da minha querida São Paulo, com 158ha, e o fantástico Central Park, de Nova York, de 341ha.
      A cidade do Recife foi construída a partir de devastações implacáveis ao longo dos séculos, esse desprezo pelo verde é histórico.
      História:- Havia um magnífico estuário da micro bacia hidrográfica do Rio Capibaribe, riquíssimo em mangues e rodeado por morros revestidos de Mata Atlântica. O estuário foi brutalmente desfigurado por inúmeros aterros em cima do qual grande parte das regiões central e periférica recifenses foi erguida.
      O bairro do Ipsep, , só existe hoje porque a vegetação local foi destruída e o chão de lama foi aterrado em meados do século passado.
      Recife, é um exemplo negativo de urbanização no Brasil e sua população nunca respeitou o verde, e até hoje persiste esse desrespeito à natureza,pois é considerada mesmo na gastronomia aqui em São Paulo,que comer salada é o mesmo que comer mato,é o que dizem alguns amigos pernambucanos meu,aqui em Sampa.
      Um governo municipal sério que poderia pensar em recuperar esta média baixíssima e que saiba fazer uma boa administração ambiental voltada para a reurbanização e revitalização do verdee.A consciência ecológica terá que ser trocada pela politicagem dentro da cidade nos próximos anos,se não Recife ficará entre as primeiras com o pior índice de áreas verdes por habitantes no Brasil.
      A população tem que cobrar mais parques verdes ou lineares de seus governantes para melhorar a qualidade de vida e preservar suas áreas verdes e investir em calçadas verdes e mais permeáveis.
      Abs e obrigado pelo seu comentário,
      Vagner Landi

      Curtir

      • Renato Neves disse:

        Olá Vagner, eu concordo com várias coisas que você disse sobre o Recife. Infelizmente, não há por parte do governo uma preocupação de se pensar a cidade.
        Gostaria de saber de onde você conseguiu os dados dessa pesquisa. Você citou que ela foi pedida pela empresa de consultoria Mercer. Tem como você disponibilizar o link da lista das cidades aqui? Obrigado!

        Curtir

      • Olá,Renato,moro em São Paulo,mas no momento não tenho os dados relativos a outras cidades de Recife,não consegui ainda pra você,pois explanamos as principais,mas vou procurar.
        Tenta entrar em contato com o Governo do Estado de Recife-Secretaria de Desenvolvimento e peça esta relação ou mande um e-mail para algum jornal de grande circulação.
        Se conseguir antes de mim,mande-me.
        abs
        Vagner Landi

        Curtir

      • Guilherme disse:

        na verdade isso seria área verde publica por hab, pois recife na verdade tem 64 mil m² de area verde por hab, tanto é que 45% do territorio é arborizado, seriam 0,70 km² assim sendo

        Curtir

  14. Cezar Capacle disse:

    Olá! Parabéns pela reportagem, muito informativa. Gostaria de ter a fonte dos dados para comparar demais municípios, ou, se possível, receber por e-mail.

    Agradeço desde já.

    Curtir

  15. Peter disse:

    Olá Gostaria de saber também os Indíces da cidades da Região Metropolitana (incluindo as Cidades do ABCDMR), Pois gostaria de cobrar providencia junto a prefeitura e camara dos vereadores.
    Muito obrigado.

    Curtir

    • Olá, tudo bem,
      Como são municípios pequenos mas muito populosos,os índices são uma vergonha:
      São Bernardo : 0,25 m2/habitantes
      Santo André : 1,90 m2/habitantes
      Diadema : 3,00 m2/habitantes
      Não tenho no momento das outras cidades,mas vou conseguir e te mando…..OK
      abs
      VAGNER LANDI

      Curtir

      • Peter disse:

        Olá Vagner ! Muito obrigado.
        Se conseguir da cidade de Mauá, agradeço. Mesmo sendo bem longe da amazonia, ainda há desmatamento também.
        Abcs,

        Curtir

  16. CÍNTIA PEDROSA disse:

    OBSERVEI QUE VC POSSUI BASTANTE DADOS SOBRE OS ÍNDICES DE ÁREA VERDE POR HABITANTE, MAS GOSTARIA DE SABER DE ONE É ESTA REFERÊNCIA E COMO POSSO ACHAR OS INDICES DE OUTRAS CIDADES NÃO CITADAS NO TEU TEXTO. OBRIGADA

    Curtir

Obrigado pela sua participação!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s