OPERAÇÃO URBANA ÁGUA ESPRAIADA-APROVADA

OPERAÇÃO URBANA ÁGUA ESPRAIADA-APROVADA

Conheça bem a Operação Urbana Água Espraiada ,clicando abaixo e veja como é importante uma Intervenção desta magnitude para uma região e como a revitalização valoriza todo o entorno atraindo novos empreendimentos com uma arquitetura atual e melhorando a qualidade de vida dos moradores locais.

http://www.youtube.com/watch?v=sSxcKGr1L-A&feature=player_embedded

O lado social da obra:

Por outro lado varias famílias serão removidas deixando seus lares regularizados ou não,invadidos ou não,este é o lado triste desta cidade que precisa se organizar para não parar.

São projetos de melhorias da qualidade de vida tão em baixa nesta capital sofrida,mas por outro lado ganha nosso apoio,pois quem ganhará é a maioria da população paulistana que ganhará um complexo de alta magnitude e um grande parque linear verde com recreações ao longo do trecho,pistas de Cooper,ciclovias,mobiliários e equipamentos urbanos.

Todas as famílias serão indenizadas pelo valor venal de seus impostos prediais e levarão vantagem aqueles que têm seus imóveis regularizados e averbados em suas matrículas,mas aqueles que são invadidos ou burlados sofrerão para receberem os valores justos ou irão para habitações populares.

 

Desapropriações e Impacto Ambiental
De acordo com o Estudo de Impacto Ambiental (EIA), o projeto envolve 8.194 domicílios, onde vivem 28 mil pessoas. Destes, 7.090 domicílios e 24 mil pessoas estão em 12 favelas: Alba, Americanópolis, Babilônia, Beira Rio, Fonte São Bento, Guian Corruias, Henrique Mindlin, Muzambinho, Rocinha Paulistana, Taquaritiba, Imigrantes I e Vietnã. O projeto também afeta 1.104 domicílios formais, envolvendo outras 4 mil pessoas.

Segundo o Estudo de Impacto Ambiental, o prolongamento da Avenida Jornalista Roberto Marinho começará junto à Avenida Doutor Lino de Moraes Leme e percorrerá cerca de750 metrospor duas pistas a céu aberto até chegar aos túneis, localizados na Rua Wilson Pereira de Almeida.

 

Câmara Municipal

Câmara dá aval à passagem que deverá custar R$ 3,7 bilhões,
a maior remoção da história de famílias deverá começar  em agosto que a Prefeitura autorizou,aprovada por 39 dos 55 vereadores paulistanos.

O que contempla esta Operação Urbana e os benefícios para os removidos:

Haverá um parque linear de 600 mil m², quase metade do tamanho do Parque do Ibirapuera, no lugar das ocupações às margens do Córrego Água Espraiada. O pacote de mudanças para a região ainda inclui o prolongamento da Avenida Chucri Zaidan em1 quilômetros e reformas em 48 ruas, como alargamentos e novas calçadas.

A Secretaria Municipal de Habitação já cadastrou 8,5 mil famílias que vão deixar as margens do Córrego Água Espraiada para morar em conjuntos habitacionais da CDHU construídos ao longo da Avenida Ricardo Jafet.

As transferências das primeiras famílias, que já recebem bolsa aluguel de R$ 300 mensais, por meio de cartão magnético da Prefeitura, devem começar em 30 dias.

Elton Santa Fé Zacarias, secretário de Infraestrutura,

 As obras para a construção do túnel devem começar em outubro. A conclusão da obra, prevista em 36 meses, vai ocorrer em 2014, ano de eleição para o governo do Estado.

É o maior e mais caro projeto viário da Prefeitura, que também planeja iniciar até o fim do ano a obra de outros dois túneis: um na Vila Mariana, entre a Domingos de Morais e a Ricardo Jafet, e outro na zona norte, entre as Avenidas Engenheiro Caetano Álvares e Cruzeiro do Sul.

 Os benefícios deste projeto para a cidade de São Paulo na opinião do urbanista engenheiro Vagner Landi

O projeto para a construção do túnel e de um parque recupera um fundo de vale degradado e ocupado irregularmente ao longo dos anos, como é o caso do entorno do Córrego Água Espraiada e dará aos desapropriados melhor qualidade de vidaem Habitações Populares e viabilizará o transito na principal ligação imigrantes/marginal pinheiros,melhorando o entorno de bairros nobres,trazendo transportes públicos de primeiro mundo como Metrô,Monotrilhos e por outro lado,o social,excluindo favelas horríveis que só degradam uma região de alto valor imobiliário , que são os bairros do Aeroporto, Jabaquara, Campo Belo e Brooklin,melhorando assim a segurança dos moradores e jogando fora destes bairros nobres , traficantes e maus elementos.

Parabéns ao prefeito Kassab e aos vereadores que aprovaram esta obra que vai engrandecer nossa cidade e dar mais valor a qualidade de vida,pois nesta hora devemos levar em conta o que de melhor para melhorar São Paulo e um abrigo melhor nas Habitações Populares para os moradores de favelas do entorno,pois estão previstos no Plano Diretor uma porcentagem destas moradias nas Operações Urbanas.

 

Sobre engvagnerlandi

Engenheiro Civil , formado Pela Faculdade de Engenharia São Paulo na capital paulistana , Especialista em Uso e Ocupação do Solo , Plano Diretor e Aprovações de Projetos e Licenciamentos na Grande São Paulo. Tem o Urbanismo como convicção , sempre defendendo uma Melhor Qualidade de Vida para os bairros de SAMPA
Esse post foi publicado em POLITICA URBANA, Uncategorized e marcado , , , , . Guardar link permanente.

43 respostas para OPERAÇÃO URBANA ÁGUA ESPRAIADA-APROVADA

  1. herminia disse:

    minhs sogra mora na rua genaro de carvalho 352 ela tem 85 anos e ela mesma construiu a casa onde nasceu seu unico filho estao falando que sera desapropriado queriamos ter certesa pois se isso acontecer de verdade acho que ela nao aguenta e morre estamos muito preocupados, por favor nos de informaçoes.

    Curtir

    • Olá Herminia,
      Tudo bem,
      não sou a pessoa certa para te dar esta informação,mas seria bom você ir até o Predio Martineli na Rua Libero Badaró esquina com a Av.S.João, metro São Bento i subir até o 15 andar pedir informaçoes a respeito,
      abs
      Vagner

      Curtir

      • herminia disse:

        ok estamos todos aflitos com essa desapropriaçao ninguem fala onde vai começar e onde vai terminar é so isso que precisamos saber, mas obrigada pela indicação

        Curtir

  2. Priscila disse:

    Sou moradora da Rua Genaro de Carvalho, número 355 e vi em diversos prospectos que pegarão pedaços da rua em questão (início e fim dela), O Sr. Saberia se toda a rua Genaro de Carvalho será desapropriada ou apenas parte dela? Como devo fazer para ter a certeza se vai desapropriar e quando seria essa mesma desapropriação se a prefeitura avisa antes, se entram em contato com a gente????Obrigado.

    Curtir

    • Olá Priscila,deve ser só o trecho inicial próximo a avenida,mas não tenho como te afirmar,mas você poderia comparecer no 18º andar do Edificio Martinelli e vá no departamento de Operações Urbana e fale que vc quer informação sobre a Operação Urbana Agua Espraiada e tire dúvidas se puder,
      abs e boa sorte
      Vagner

      Curtir

  3. Maria Aparecida J Marini disse:

    Eu tenho um imovel na Rua Jose querra que pelo que sei dara continuidade a av. Berrini.
    Que atitude o proprietário deve ter nos casos de desapropriação? se desdobrar para adquirir outro imovel, ou aguardar pela idenização, pois a mesma não mudara meu padrão de moradia?
    Qual sua opinião?

    Curtir

    • Olá,Maria,seria bom a Sra comparecer à Secretaria da Habitação no 17º andar Rua São Bento com Av.São João – Predio Martineli,pois poderão lhe dar informações mais precisas sobre a Operação Urbana Agua Espraiada.
      As indenizações são pagas pelo valor do metro quadrado da região do valor do terreno e da qualidade da sua construçaõ,somados darão o valor que a prefeitura vai pagar,mas se o valor não for ideal para a Sra, terá que recorrer da decisão junto a um advogado para defendê-la.
      abs
      Vagner Landi

      Curtir

  4. CARLOS ROBERTO disse:

    ola eng: vagner, gostaria de saber sobre o projeto chucri zaidan, tenho um imovel na rua laguna bem na esquina com a joão dias, estou vendendo porque no valor venal é muito pouco, preciso saber se realmente vou ser desapropriado. estou muito preoculpado com essa situação. agradeço desde já.
    CARLOS ROBERTO

    Curtir

    • Bom dia Eng. gostaria de saber como ficam os imóveis na Rua Missionários, especificamente no primeiro quarteirão da João Dias com a Missionários. Tenho imóveis com entrada na Missionários que vão até metade da quadra entre a Laguna (avançam em 60 metros da quadra de 100 metros, sentido Laguna) e a Missionários (para o lado da Missionários). Vão alargar em quantos metros da Laguna? Será alargada para qual lado? Vão desapropriar qual lado, o da Laguna com a Missionários ou o outro?
      Muito obrigado.

      Curtir

      • Olá Gustavo,não tenho como informar,mas seria bom vc ir até Secretaria da Habitação no 17º andar Rua São Bento com Av.São João – Predio Martineli,pois poderão lhe dar informações mais precisas sobre a Operação Urbana Agua Espraiada.
        abs
        Vagner Landi

        Curtir

  5. ola seu Fernando eu sou o Marcão e digo ao senhor
    a justiça quando nos tirou dai de nossas casa nos garantiu que em 3 messes nos estáriamos no mesmo lugar que já está erguido os cdhu só que faz 6 messes que estamos no mesmo local
    que é na senador feijó 126 apartamento 47 e nada foi re

    Curtir

  6. tatiana veiga disse:

    Sr. Vagner gostaria de pedir uma ajuda, se possível. Comprei há cerca de um ano um apartamento na Rua Tenente Americo Morreti na Vila Santa Catarina e soube há uma duas semanas que ao lado do meu predio construirão um predio do CDHU R. Belford Duarte x R. Antonio Loureiro. Fiquei muito preocupada com a desvalorização e com os problemas decorrentes tendo em vista que em um ano por ali já presenciei 3 tiroteios neste esquina. Será que você sabe algo sobre este projeto, se é verdadeiro ou não. Pois já fomos na subprefeitura do jabaquara e nos informam que nao é verdade. Mas a companhia de gas que ocupa o terreno diz o contrário e que inclusive tem que desocupar o terreno ate dezembro deste ano.
    Obrigada
    Tatiana

    Curtir

    • Olá Tatiana,vá até a Secretaria de Habitação,desça no Metro S.Bento e dirija-se até o Predio Martineli que fica na Av.Sao João com a Rua S.Bento,17º andar na EMURB e peça uma orientação sobre a Operação Urbana Agua Espraiada e veja o seu problema,se ao lado de sua casa vai ser construído um predio popular ou alguma construtora vai construir prédio para habitação de baixa renda,pode ser !
      Vamos torcer para que não construam mais uma futura favela vertical.
      De qualquer forma sua residencia valorizará,com qquer forma de construção,mas se não for construído um predio para habitação popular será melhor pra vc.
      abs
      Vagner Landi

      Curtir

    • Fernanda disse:

      Mania de achar que CDHU desvaloriza. As pessoas que vão morar nele são as que a anos estão comprando e valorizando o bairro. Sinto muito por pessoas que olham o próprio umbigo e não percebem a quantidade de historias e vidas que serão perdidas nesta desapropriação higienista com cara de preocupação ambiental.

      Curtir

  7. fernando disse:

    Ola Sr. Vagner meu nome é Fernando gostei muito do seu blog por falar sobre este assunto e tirar duvidas sobre as desapropriações no entorno deste parque linear.
    Compartilho da sua nesma ideia que essas obras serão muito beneficas para toda a cidade de São Paulo que amamos tanto.
    As obras não só beneficiaram os bairros envolvidos no projeto mas tambem outros que serão beneficiado pelo desafogamento do pesado transito da região como vemos hoje a cituação do bairro do MORUMBI que sofre uma depreciação por conta deste problema.
    Minha duvida é estou comprando um apartamento na R. Prof. Francisco Emídio da Fonseca Telles n 150 e pelo projeto as desapropriações e obras chegaram até esta rua mas do lado oposto ao predio, gostaria de sua opnião sobre e que esperar tento um imovel tão proximo a esta obra faraonica.
    obrigado.

    Curtir

  8. Vanessa disse:

    Eng Vagner, estou em vias de comprar um apto na Rua Alba em um conjunto de prédios. É meu primeiro imóvel e quase totalmente financiado. É um valor bem considerável para um 1º andar com alguns poréns. Estou inclinada a entrar no negócio pois um prédio de 2 anos poderia se beneficiar, inclusive pensando nas facilidades futuras e também valorização. Mas com isso vem um profundo medo desse investimento suado trazer transtorno e desgosto devido as obras/desapropriações e tantas coisas incertas. Tenho passado noites a fio na internet, buscando uma opinião especializada para me orientar. Você acha que há risco? Vale a pena?

    Agradeço muito.

    Curtir

    • Vanessa disse:

      Rua Alba, 150.

      Curtir

    • OLÁ Vanessa,não vejo problemas da localização do seu novo lar,está lomge do cinturão que deve ser desapropriado e vc vai ficar a algumas quadras de um parque linear verde e sua região terá uma valorização muito boa com o passar dos anos.
      abs
      Vagner

      Curtir

    • Fernando disse:

      Bom dia Vanessa, seguindo orientação do Sr Vagner Landi, eu me dirigi pessoalmente à rua Líbero Badaró, 504 – Centro (edifício Martinelli), local onde fica o setor da prefeitura responsável por desapropriações, munido do número do imóvel que consta no carnê do IPTU. A engenheira Lúcia me atendeu com a planta do projeto, e deu as devidas explicações. Sugiro que você faça o mesmo. Pegue o número do imóvel com a empresa responsável pela venda, e vá ao local, de terça à sexta, das 13h00 às 17h00. Moro no local e, pela planta, meu imóvel não será atingido.

      Abs.

      Curtir

      • Olá Vanessa,seguindo orientações do Fernando que entrou em contato com nosso Blog,deu uma informação importante abaixo:
        fernandoyamamoto@gmail.com
        Bom dia Vanessa, seguindo orientação do Sr Vagner Landi, eu me dirigi pessoalmente à rua Líbero Badaró, 504 – Centro (edifício Martinelli), local onde fica o setor da prefeitura responsável por desapropriações, munido do número do imóvel que consta no carnê do IPTU. A engenheira Lúcia me atendeu com a planta do projeto, e deu as devidas explicações. Sugiro que você faça o mesmo. Pegue o número do imóvel com a empresa responsável pela venda, e vá ao local, de terça à sexta, das 13h00 às 17h00. Moro no local e, pela planta, meu imóvel não será atingido.
        Abs.

        Curtir

  9. ramone disse:

    Olá, Sr. Vagner. Parabéns pelo site, muito boas informações.
    Estou procurando um imóvel para comprar na região do Jabaquara – área mais próxima do metrô-, e essa questão da Operação Água Espraiada me pôs uma pulga atrás da orelha. Tenho medo de comprar algo em uma área que pode ser desapropriada.
    O sr. sabe se a prefeitura já delimitou as áreas que serão desapropriadas? Onde posso conseguir essa informação? Achei um mapa não muito preciso no site da prefeitura, gostaria de dados mais precisos a respeito.
    Obrigado pela atenção. Grande abraço.

    Curtir

  10. fygf disse:

    Boa noite Sr. Wagner.
    Sou morador da Avenida Genaro de Carvalho, número 280, e vi em diversos prospectos tanto da linha ouro do metrô quanto do parque linear do Kassab, que pegarão pedaços da rua em questão (início e fim dela), mas nada sobre o imóvel em que resido, e não recebi nenhuma notificação até agora. O Sr. Saberia se toda a rua Genaro de Carvalho será desapropriada ou apenas parte dela?Obrigado.

    Curtir

    • Olá Fernando,dei uma olhada no Google Heart,e vi sua residencia e acredito que sua casa não está prevista desapropriação,vamos torcer e te desejar boa sorte,pois se esta obra sair,sua casa vai valorizar e muito,pois vai ficar em frente ao parque linear.
      Mas para tirar alguma dúvida vá até a Secretaria de Obras da Prefeitura e tire informações,pois a administração Kassab é muito falha neste sentido,pois ninguém sabe ao certo sobre sua situação.
      ABS
      VAGNER LANDI

      Curtir

  11. elis disse:

    queria saber onde vamos morar,futuramente,sou moradora da favela guian,no jabaquara,recebo o bolsa aluguel.omais importante e sabemos onde iremos morar.desde ja agradeço.obrigada!

    Curtir

  12. iso 9000 disse:

    Hey, very nice site. I came across this on Google, and I am stoked that I did. I will definately be coming back here more often. Wish I could add to the conversation and bring a bit more to the table, but am just taking in as much info as I can at the moment.

    iso 9000

    Curtir

  13. Priscila Soares disse:

    Obra totalmente desnecessesária e ilegal !!! Ainda bem que o MP está de olho. A obra que era para ser feita pela Lei 13.260 era muito melhor ,as desapropriações seriam muito poucas e as comunidades iram ser beneficiadas. Agora a abra custará em torno de R$ 4 bi ( sendo que a da Lei seria em torno de R$1.100 bi ),das 10 mil famílias somente 4 mil terão casa, por está no edital de licitação e o restante? Cheque aluguel e a CDHU que se vire. Absurdo !!!!!

    Irei perder minha casa, e sou totalmente contra essa obra, do que jeito que vem sendo feita. Sou a favor sim do crescimento de SP , mas da forma que o Kassab vem fazendo, até a saída dele, ele já vendeu parte de SP para as construtoras ,a especulação imobiliária é enorme. O que o Sr mostrou nessa reportagem e a parte boa, mas, infelizmente não teve o mesmo cuidado em ver que essa obra tem mais de 60 irregularidades apontadas pelo TCM, que o EIA RIMA usado para o novo traçado e o mesmo do traçado do túnel de 400m o q o torna ilegal, o perímetro está totalmente fora da Op. Urbana.. ( foi feito um substitutivo as pressas para flexbilizar o perimetro e isso é improbidade adm, pois, por lei, precisa-se saber exatamente aonde será a obra, quem será afetado e não “chutar” aonde será feito enfim.. erros atrás de erros. O valor que será gasto nessa obra da pra fazer entorno de 25 km de metro..

    Graças a Deus 15 vereadores tiveram o bom senso de votar a favor da população e o MP tb se manifestou a nosso favor.

    Peço que faça uma nova reportagem com o outro lado da moeda…

    Curtir

    • Olá Priscila,quando fiz esta matéria pensei realmente numa visão geral para Sampa,mas dou inteira razão as suas colocações e as irregularidades estão sendo apontadas e algumas vc já apontou !
      O grande problema desta administração Kassab é começar as obras e não saber muito bem que será desapropriado,te dou com exemplo a ponte estaiada Complexo Viário Pe Adelino no Tatuapé,que até agora não foi inaugurada por varias ações de moradores que só souberam que iriam ser desapropriados após inicio das obras.
      Acho que cada um tem que defender seus interesses e vejo que o seu é gostar da região onde mora e se for desapropriado que paguem um valor justo e indiquem desde já quem vai ser desapropriado.
      Obrigado pelo seu comentário e que sirva de defesa para os demais moradores da região,mas que todos tenham um final feliz.

      Curtir

  14. Marcos Lima disse:

    Prezado Vagner,

    Sou morador de uma pequena rua sem saida, travessa da av. Morumbi, entre os setores Berrini e Chucri Zaidan. No alto da minha leiguice, não entendo como uma regiao relativamente distante do parque linear pode correr o risco de desapropriação. O Sr. acredita que haverá uma desvalorização imediata dos imoveis residenciais objeto desta operação urbana? Estou na duvida se tento colocar o imovel a venda em caso de desapropriacao ou se acabarei beneficiado por valorizacao caso nao tenha que deixar minha residencia. Fato é que a vizinhanca toda desconhece que esta operacao podera atingir suas residencias.
    Um abraço!
    Marcos Lima

    Curtir

    • Olá Marcos,eu acho que onde vc está localizado não haverá demolição,mas vc pode comparecer na SIURB
      Endereço: Galeria Olido
      Av. São João, 473 – 3º, 12º, 13º, 14º, 15º, 18º, 19º, 20º, 21º, 22º, 23º andares
      Centro – São Paulo – SP
      Telefone: 3337-9900
      Mas dê uma ligada antes,pois vc sabe como é serviço público!
      Quanto ao vender seu imóvel,não venda pois todos os imóveis no entorno de uma Operação Urbana,terão seu Potencial Construtivo elevado para quatro vezes em relação a área do terreno,poe isso que as construtoras se interessam em comprar.
      ABS
      VAGNER

      Curtir

      • Marcos Lima disse:

        Olá Vagner!
        Contatei o telefone informado e me disseram que esse tipo de informação só é passado pessoalmente. Darei um pulo lá semana que vem. Para sua informação, o endereço e fone desse tipo de atendimento é: Praça da República, 154 – 10° andar 3100-1611.
        Estou torncendo para realmente meu imóvel não estar lista de desapropriação!
        Grande abraço!
        Marcos Lima

        Curtir

  15. José Carlos disse:

    Ola sr. Vagner, minha familia em um imóvel no comeco da rua Las Palmas, na Americanopolis, dizem que próximo da entrada dos tuneis, o senhor saberia me dizer se ela sera demolida ou fará parte da desapropriacão, não sei aonde buscar informacão, e muitos da região falam muitas coisas que talvez não sejam verdade.
    Aguardo seu retorno
    Grato
    José Carlos

    Curtir

    • Olá José Carlos,vc pode comparecer na SIURB
      Endereço: Galeria Olido
      Av. São João, 473 – 3º, 12º, 13º, 14º, 15º, 18º, 19º, 20º, 21º, 22º, 23º andares
      Centro – São Paulo – SP
      Telefone: 3337-9900

      Não sei te dizer que andar,mas dê uma ligadinha e pergunte onde vc tem acesso as áreas que estão dentro das demolições e torça para que sua casa não esteja,pois a valorização será muito boa se vc ficar perto do parque linear,mas as desapropriações deverão demorar,pois haverá muitas ações contra a municipalidade.
      No momento é o que posso ajudá-lo.
      Abs
      Vagner Landi

      Curtir

  16. Clarice disse:

    Finalmente o progresso irá chegar nesta região,necessitamos de parques,áreas de lazer e um visual
    adequado para nosso bairro,estamos com atrazo de 30 anos,parabéns prefeito Kassab

    Curtir

  17. newton disse:

    Desculpe sr. Vagner, eu pensei que o sr. não tivesse publicado meu comentário.
    Na verdade o imóvel de minha familía não fica no Jabaquara e sim na esquina da av. João Dias X r.Laguna (Santo Amaro-Antigo prédio Comercial). Ele será demolido para construção de uma rotatória.
    Não moro neste local , mas acho que a maioria será pega de surpresa quando a prefeitura começar a informar os moradores, pois ao contrário do Jabaquara onde todos já sabem, aqui em Santo Amaro a desinformação é geral.
    Fico indignado é que os que tem informação privilegiada vão lucrar ainda mais.Ex: Ao lado do nosso prédio surgiu uma concessionária de motos que com certeza sabe que em alguns anos ficará na nova esquina onde atualmente estamos e que será alargada. Isso sem contar com os inúmeros edificios comerciais (Brookfield Towers,etc) que já tem informações e vão lucrar ainda mais. Eu também adoro a idéia de Santo Amaro ser a Wall Street paulista, mas que a prefeitura
    respeite seus cidadões e trate todos com igualdade.

    Curtir

  18. claudio roberto catchucca disse:

    Concordo com a srs Sandra e o sr Wagener, mas tambem concordo com o sr Newton, caso seja um morador regular da região, neste caso eu ouvi do secretário da prefeitura que o valor a ser pago pela indenizção seri o de MERCADO, foi ao ar numa entrevista para a tv globo e consta no YOU TUBE, basta utilizá-la como prova em uma ação contra a prefeiturar, pois não é justo. Mas também estou muito feliz, pois mesmo sabendo que o nosso prefeito é um MALUF que quer ser COVAS, acho que ele tem coragem , pois a MARTA em nome do votos que teria dos cidadão moradores das “Comunidades”(é moda na GLOBO), começou mas preferiu se omitir e ficar bem com a outra parte. É muito dificil como Paulistano que sou, julgar as partes envolvidas, pois acho que a grande maioria são pessoas que precisam de ajuda, pois trabalham e são honestas, mas precisam ter coragem também, pois quando os “CHEFES’ mandam eles obedecem, mas é hora de desobedecerem ao todos poderoso e seguirem em frente, aproveitando essa oportunidad, que tantos pedem, para não só melhorar de endereço, mas de atitude também. Um grande abraço a todos. Roberto.

    Curtir

  19. Comentei agora Newton,
    ABS VAGNER

    Curtir

  20. Newton,só vi seu comentário agora, e estou respondendo e concordo plenamente com voce e sei o quanto vcs serão prejudicados pois são moradores da região há muito tempo juntamente com outro comentário da Sandra Regina.
    Minha visão como Urbanista e Engenheiro é uma visão ampla para uma São Paulo melhor com maior qualidade de vida e realmente voces estão próximos destas favelas horríveis e serão atingidos ou não,mas têm que lutar junto a Secretaria Municipal responsável pelas indenizações com valores justos para seus imóveis.
    Torço para que seus imóveis não sejam demolidos e quem ficará em seu entorno será gratificado com um parque linear com alta valorização de seus imóveis.
    Quando eu morava no Tatuapé,na casa em que nasci e passei toda minha infância,também fomos desapropriados para a passagem do entorno do Metrô Tatuapé,minha mãe chorou muito pois gostávamos muito daquela casa e dos vizinhos,mas graças a Nossa Senhora Aparecida tudo de bom veio para nós e espero que tudo de bom venha para voces,de coração,mas se puder auxiliá-los em alguma informação estou a inteira disposição.
    ABS
    VAGNER LANDI
    TEL 20922922

    Curtir

  21. Sandra disse:

    Puxa, finalmente! São terrenos invadidos, quem nasceu no bairro e mora aqui há 50 anos sabe o quanto é difícil conviver com meliantes, traficantes, drogados etc… que representam 75% da população dessa favela. Desculpe os moradores que terão que sair também no entorno, mas esse projeto está engavetado há 30 anos! Todos sabiam que isso iria ocorrer e muitos se mudaram com o intuito apenas de “levar vantagem”, vi a favela crescer nos últimos 2 anos, invadindo ruas e calçadas. Ninguém tem segurança para sair a noite no bairro, são autos roubados, casas invadidas e sequestros relâmpagos.

    Curtir

    • Newton,só vi seu comentário agora, e estou respondendo e concordo plenamente com voce e sei o quanto vcs serão prejudicados pois são moradores da região há muito tempo juntamente com outro comentário da Sandra Regina.
      Minha visão como Urbanista e Engenheiro é uma visão ampla para uma São Paulo melhor com maior qualidade de vida e realmente voces estão próximos destas favelas horríveis e serão atingidos ou não,mas têm que lutar junto a Secretaria Municipal responsável pelas indenizações com valores justos para seus imóveis.
      Torço para que seus imóveis não sejam demolidos e quem ficará em seu entorno será gratificado com um parque linear com alta valorização de seus imóveis.
      Quando eu morava no Tatuapé,na casa em que nasci e passei toda minha infância,também fomos desapropriados para a passagem do entorno do Metrô Tatuapé,minha mãe chorou muito pois gostávamos muito daquela casa e dos vizinhos,mas graças a Nossa Senhora Aparecida tudo de bom veio para nós e espero que tudo de bom venha para voces,de coração,mas se puder auxiliá-los em alguma informação estou a inteira disposição.
      ABS
      VAGNER LANDI
      TEL 20922922

      Curtir

  22. newton disse:

    Injusto é pagar o valor venal pelos imóveis desapropriados (uma verdadeira covardia), pois quem tem dinheiro para construir e comprar esses malditos CEPACS vai ficar mais rico ainda com a valorização da região, e nós idiotas pagadores de IPTU, teremos o mesmo tratamento que os “Traficantes” e “maus elementos” citados nesta matéria, seremos expulsos em troca de ninharias.
    Queria ver se seu imóvel valesse 1 milhão e você recebesse 300 mil estaria satisfeito.

    Curtir

Obrigado pela sua participação!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s